Coinbase fecha escritório de Chicago e reduz desenvolvimento em mecanismo de matching

A principal exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, a Coinbase, fechou seu escritório em Chicago e reduziu o desenvolvimento de seu mecanismo de matching, segundo informações da Fortune desta terça-feira, 23 de abril.  

De acordo com a reportagem, a exchange consolidará os esforços de mecanismo de trading matching de alta frequência em seu escritório de San Francisco. A Coinbase também demitiu cerca de 30 funcionários e transferirá alguns para outro escritório, enquanto outros trabalharão em regime remoto.

Segundo o site de notícias local Chicago Inno, quando a empresa anunciou a abertura do escritório de Chicago em maio do ano passado planejava contratar 100 pessoas ao longo de três anos, a maioria dos funcionário seriam engenheiros.

O escritório era liderado por Paul Bauerschmidt, que segundo seu perfil no LinkedIn é ex-diretor administrativo da Eris Exchange e diretor executivo do CME Group, e por Derek Groothius, antes engenheiro de software na DRW. Ambos estão deixando a empresa.

Um porta-voz da empresa disse à Fortune que embora o fechamento da unidade seja um revés, a empresa continua contratando funcionários em outros escritórios. O porta-voz também observou que o trading de alta frequência não é mais uma prioridade e que a empresa está se concentrando em novos produtos.

O The Block informou que a decisão de fechar o escritório foi tomada em nível executivo e não está claro se os funcionários esperavam que suas posições fossem encerradas. O The Block estimou que os salários das equipes poderiam chegar a US$ 6 milhões, sem contabilizar bônus, aluguel de escritórios ou o custo da tecnologia.

Como informado pelo Cointelegraph na semana passada, a Coinbase teve uma receita de US$ 520 milhões no ano passado, 60% menos do que alguns analistas esperavam.

Por outro lado, a exchange de criptomoedas concorrente Binance registrou lucro de US$ 78 milhões no primeiro trimestre de 2019, um aumento de 66% em relação ao trimestre anterior.