Coinbase adiciona recursos de suporte a impostos para clientes nos EUA, incluindo integração com TurboTax

Coinbase, exchange cripto norte-americana e serviço de wallet de criptomoedas, acrescentou recursos para clientes nos Estados Unidos reivindicarem transações de cripto em suas declarações de impostos, de acordo com um post em seu blog oficial de 24 de janeiro.

Além de adicionar um guia educacional sobre cripto e impostos, a Coinbase também se integrou ao popular software tributário TurboTax. De acordo com a postagem do blog, os usuários da Coinbase.com e da Coinbase Pro poderão importar automaticamente transações para uma nova seção específica para cripto do TurboTax Premier.

A Coinbase diz que forneceu os novos recursos para tornar a plataforma mais fácil de usar depois de ouvir sobre a confusão da comunidade sobre transações cripto em seus impostos.

A definição legal de criptomoeda nos EUA - e, por extensão, a maneira pela qual os detentores são obrigados a declará-las em seus impostos - permanece incerta, já que uma série de agências reguladoras veem as criptomoedas de maneira diferente. Enquanto a Comissão de Vaores Mobiliários considera as criptomoedas como títulos, a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities as considera commodities.

A Rede de Combate a Crimes Financeiros classifica a cripto como dinheiro, enquanto na visão do Internal Revenue Service - a agência responsável por recolher os impostos e entregar as restituições - ativos digitais como o Bitcoin (BTC) são propriedades.

A Coinbase expandiu suas ofertas significativamente em 2018, adicionando suporte a vários novos tokens, incluindo Ethereum Classic (ETC), Zcash (ZEC) e Basic Attention Token (BAT). Em novembro de 2018, a exchange acrescentou uma mesa de negociação sobre balcão (OTC - over-the-counter) para investidores institucionais. Christine Sandler, chefe de vendas da Coinbase, disse:

“Lançamos nosso negócio sobre balcão como complemento a nosso negócio de câmbio porque descobrimos que muitas instituições estavam usando o OTC como um caminho para o comércio de cripto.”

A Coinbase já lançou programas educacionais para ensinar os usuários sobre os fundamentos das criptomoedas. Em dezembro de 2018, a bolsa introduziu o "Coinbase Earn", uma plataforma na qual os usuários podem aprender sobre criptomoedas à medida que os ganham. A ideia por trás da iniciativa era supostamente ensinar os usuários sobre um ativo “enquanto se obtinha um pouco do ativo para experimentar”.