Co-fundador da exchange Cobinhood deixa a empresa depois de polêmicas

O co-fundador da exchange baseada em Taiwan Cobinhood foi removido dos negócios corporativos da empresa desde o fim de abril de 2019, conforme a empresa anunciou em seu grupo do Telegram em 6 de maio.

Tai-yuan Chen, também conhecido como Popo Chen, "deixou de participar" da empresa devido a "disputas internas e com investidores", segundo o anúncio.

Mais especificamente, a Cobinhood escreveu que sua equipe teve que registrar um boletim de ocorrência devido à instabilidade emocional de Chen e comportamento pessoal que teria causado preocupações quanto à segurança dos empregados da exchange.

Enquanto a exchange não especificou a natureza do comportamento pessoal de Chen e seus impactos na equipe, a Cobinhood também ressaltou que continua suas operações normalmente.

Depois do anúncio, a equipe da Cobinhood diz que reuniria as opiniões e perguntas sobre o tema, dizendo que vai oferecer uma sessão de perguntas e respostas na quarta-feira, 8:00 p.m. no horário de Taiwan.

Além de co-fundar a Cobinhood em julho de 2017, Chen também é co-fundador da plataforma de serviços cripto Dexon Foundation (DEXON) em janeiro de 2018, de acordo com o seu perfil do LinkedIn.

Em setembro de 2017, a Cobinhood anunciou uma oferta de moeda inicial (ICO) que teria sido "a primeira" exchange de alta frequência livre de taxas. Em outubro de 2017, a empresa levantou US$ 10 milhões em Ether (ETH).

Recentemente, o Cointelegraph noticiou que a importante exchange Coinbase perdeu três executivos importantes nos últimos seis meses.