Ação coletiva acusa Tether e Bitfinex de manipulação de mercado

O escritório de advocacia Roche Freedman, com sede em Nova York, entrou com uma ação coletiva contra a Tether e a Bitfinex, acusando as empresas de manipulação do mercado cripto.

“Maior bolha da história”

O escritório Roche Freedman registrou um processo de uma ação coletiva dizendo que a empresa de stablecoin Tether e sua exchange de criptomoedas Bitfinex estiveram engajadas em enganar investidores, manipular mercados e ocultar receitas ilícitas, conforme um tweet do parceiro e fundador da empresa, Kyle Roche, em 7 de outubro.

No tweet, Roche acusou a Tether e a Bitfinex de criarem a "maior bolha da história".

Registrada em 6 de outubro, a acusação afirma que a Bitfinex e a Tether realizaram um "esquema sofisticado" envolvendo "parte de uma fraude, parte de pump-and-dump e parte de lavagem de dinheiro".

O processo alega que o lastro em ativos era falso

No processo, a Roche Freedman diz que as alegações da Tether de que o número de seus tokens Tether (USDT) teria lastro em quantidades iguais de dólares dos Estados Unidos era mentira. Em vez disso, a empresa diz que o Tether "emitiu quantidades extraordinárias de USDT não lastreado para manipular os preços das criptomoedas". O documento diz:

"Como o mercado acreditava na mentira de que um USDT era igual a um dólar americano, a Bitfinex e a Tether tinham o poder de manipular o mercado em uma escala sem precedentes, para lucrar com os ciclos de altas e baixas que eles mesmos criaram".

Tether e Bitfinex já esperavam o processo

O processo ocorre dois dias depois que a Tether e a Bitfinex publicaram declarações dizendo que haviam tomado conhecimento de um artigo não publicado "que declarava falsamente que as emissões do Tether são responsáveis por manipular o mercado de criptomoedas". A Bitfinex disse que eles se defenderiam vigorosamente se os advogados usassem a fonte para iniciar uma ação judicial.