Circle e Coinbase convidam mais membros para consórcio da US Dollar Coin

A startup cripto apoiada pelo Goldman Sachs Circle e a exchange e serviço de carteiras Coinbase estão expandindo o consórcio ligado ao USD Coin (USDC), segundo um post de 13 de junho.

O consórcio Centre age como uma plataforma para depósitor e conversão fiduciária para a criptomoeda da Circle, um token digital baseado no Dólar Americano.

Depois de lançar o USD Coin em setembro de 2018, o Circle agora anunciou que a Centre está sendo aberta para a participação de mais membros e atores da indústria. No post, o Centre escreve que a Circle e a Coinbase têm trabalhado na criação e estabelecimento da sua Centre Network como uma “estrutura baseada em membros e um esquema de governança”.

Ao convidar mais participantes para sua rede, a Centre diz que a participação no consórcio dá o direito às instituições de emitir e resgatar o USD Coin.Para obter este direito, os membros devem concordar com as regras operacionais do Centre e a liquidação do emissor, além da estrutura de responsabilidade, segundo o consórcio.

O Centre então especifica que as empresas e instituições que quiserem emitir stablecoins na rede Centre network devem seguir alguns critérios, incluindo as licenças necessárias e atenderem à conformidade tecnológica e regulatória, entre outros requisitor.

Em maio, a Circle lançou outra auditoria terceirizada do USD Coin, alegando que a empresa emitiu US$ 293,1 milhões em 30 de abril de 2019, com US$ 293,3 milhões em reservas da empresa. No novo post, o Centre que mais de US $ 795 milhões em USDC foram emitidos até hoje, enquanto US$ 470 milhões já foram resgatados.

Ontem, a Coinbase lançou seu cartão de crédito Visa em seis países europeus, incluindo a Espanha, a Alemanha, a França, a Itália, a Irlanda e a Holanda.