Fabricantes chineses de hardware de mineração cairão nos aumentos de tarifas dos EUA

Os principais produtores de hardware de mineração, como Bitmain, Canaan e Ebang, podem ser afetados pelas recentes sanções impostas pelos EUA aos produtos chineses, informou terça-feira, 16 de outubro, o jornal de Hong Kong South China Morning Post (SCMP).

Analistas citados pelo SCMP acreditam que essas tarifas poderiam afetar os principais fabricantes de hardware de mineração da China, já que a tecnologia foi reclassificada pelo escritório do Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR) para se enquadrar em um regime de tarifas mais rigoroso.

Neste verão, a administração Trump aumentou significativamente as tarifas dos EUA em mais de 250 produtos chineses. Em junho, o USTR reclassificou o Antminer S9 da Bitmain como um “aparato de maquinário elétrico”, sujeitando-o a uma tarifa de 2,6%. Tarifas adicionais foram introduzidas em agosto, quando as tarifas foram aumentadas em até 25%, em $ 267 bilhões de dólares das importações feitas na China.

A tarifa de 25% combinada com o regime anterior significa que os fabricantes de hardware de mineração enfrentam uma tarifa de 27,6%, onde antes havia zero. Ben Gagnon, o cofundador do desenvolvedor de hardware de mineração Bitcoin (BTC) LuTech, disse ao SCMP:

"Todos os fabricantes de plataformas de mineração com base na China provavelmente serão afetados pela mudança do código tarifário e, por sua vez, capturados pela tarifa comercial dos EUA".

A SCMP afirma que, em 2017, as vendas no exterior representaram 8,5 e 3,8% da receita total da Canaan e da Ebang, respectivamente.

O novo regime tarifário poderia ser especialmente oneroso para a Bitmain. De acordo com seu prospecto de Oferta Pública Pré-Inicial (IPO), as vendas externas representaram 51,8% da receita total em 2017. Segundo um especialista citado pela SCMP, as vendas de hardware de mineração representaram 94% da receita total da empresa em 2018.

Na véspera de seu IPO - com o objetivo de levantar de US $ 3 bilhões a US $ 18 bilhões - a Bitmain enfrentou alguns grandes desafios. Como Cointelegraph relatou anteriormente, o produtor de hardware pode enfrentar sérias perdas depois de investir uma quantidade significativa de seu fundo em Bitcoin Cash (BCH). Além disso, o pré-IPO da empresa gerou inúmeros rumores, já que supostos participantes, como a SoftBank e a gigante chinesa de TI por trás do WeChat, a Tencent, negaram oficialmente sua participação.