China Telecom lança white paper para smartphones blockchain em 5G

A principal operadora de telefonia da China Telecom divulgou um white paper sobre smartphones movidos a blockchain para a era 5G.

A China Telecom introduziu o white paper durante a China International Intelligent Industry Expo, em 27 de agosto, segundo uma matéria da agência de notícias financeiras local Sina.

Problemas existentes

No documento, a China Telecom apontou os potenciais benefícios da aplicação da tecnologia blockchain em telefones celulares, incluindo automação e rastreabilidade de transações. De acordo com a matéria, o white paper da China Telecom defende que as pessoas possam dominar seus próprios ativos digitais na era 5G, enquanto "independentemente do volume de dados, variedades e dimensões dos dados, os ativos de dados crescerão geometricamente".

A empresa ressaltou a crescente adoção da blockchain na indústria móvel, com a ressalva de que a taxa de adoção é baixa nos níveis atuais, já que os celulares movidos a blockchain ainda precisam ver produção em massa.

No entanto, a maioria dos fabricantes de celulares blockchain usou a adoção da blockchain na exploração de pontos de acesso do mercado, em vez de trazer o poder real da tecnologia para o setor, segundo a China Telecom. Isso teria resultado no fraco desempenho dos smartphones blockchain existentes até agora, completa a empresa.

Projeto da China Telecom

Desenvolvido pela China Telecom, o ecossistema de aplicativos blockchain descrito no white paper pretende resolver os principais problemas na operação de redes móveis, incluindo fraude, invasões, perda de dados e crimes relacionados ao roubo de identidade. Além disso, o white paper também descreve um projeto do sistema de gerenciamento de ativos digitais blockchain baseado em cartões SIM.

Como exemplo, a ideia da China Telecom de usar a blockchain contra roubos e perdas ainda propõe a criação de listas de números suspeitos associadas a IMEIs confiáveis e criptografia através da blockchain. Quando um dispositivo móvel suspeito é colocado na lista, operadoras, fornecedores de smartphones e usuários finais podem enfim identificar e desativar imediatamente os dispositivos roubados por meio desta tecnologia.

Além disso, o white paper também diz que a blockchain 5G possui cinco cenários principais de aplicativos, envolvendo verificação de identidade digital, aplicativo financeiro, aplicativo de rastreamento de cadeia de suprimentos, aplicativo judicial e setor de entrega expressa.

Como já noticiado, a combinação de 5G e blockchain pode contribuir potencialmente para um aumento no valor econômico, em parte pela capacidade do 5G de auxiliar diretamente as blockchains, aumentando a participação e a descentralização dos nós, além de permitir tempos de bloco mais curtos, aumentando a escalabilidade na cadeia.