Economista-chefe de grande empresa de investimentos faz a batida comparação entre cripto e tulipas

O economista-chefe global de uma grande empresa de investimentos criticou as criptomoedas em um op-ed no site de notícias sobre fundos de investimentos ETF.com, publicado ontem, 21 de maio.

Joe Davis, economista-chefe global e presidente global do Vanguard Investment Strategy Group, afirmou que, embora a tecnologia blockchain seja promissora, a ascensão das criptomoedas pode ser comparada à “mania da tulipa” do século XVII, um exemplo clássico de bolha de mercado.

Davis, cuja empresa administrava um total de US $ 5.1 trilhões em ativos globalmente em de janeiro deste ano, começou o texto observando seu entusiasmo pela tecnologia blockchain – que ele observa que o Vanguard usa – mas acrescenta que:

“Quanto ao bitcoin [sic] a moeda? Eu vejo uma probabilidade decente de que seu preço chegue a zero.”

Davis faz a comparação indiscutivelmente enganosa entre criptomoeda e a loucura por tulipas na Holanda no século XVII, apontando que as criptomoedas, "ao contrário de tulipas, [...] não parecem muito boas em um vaso".

De acordo com Davis, é discutível se as criptomoedas são realmente moedas, já que - segundo ele – elas podem ser consideradas uma unidade de conta e um meio de troca, mas não uma reserva de valor:

“Mesmo se as criptomoedas se qualificarem para fins de nicho, suas perspectivas parecem duvidosas”.

Davis então escreve que, como as criptomoedas não criam fluxo de caixa ou dividendos, têm preços baseados em especulação, não estão ligadas ao valor da tecnologia blockchain e fazem com que os investidores em cripto reduzam seus investimentos nos mercados tradicionais, “o caso de investimento no bitcoin é pouco convincente", continuando:

“O Bitcoin é um investimento em blockchain da mesma forma que o Pets.com era um investimento na internet.”

No outono do ano passado, a Nasdaq escreveu um artigo sobre as cinco razões pelas quais o Bitcoin (BTC) não se parecia em nada com a mania da tulipa, escrevendo que o crescimento da criptomoeda líder não é "uma bolha".

De fato, a amplitude da mania da tulipa aparentemente foi exagerada, com a pesquisadora Anne Goldgar escrevendo em seu livro sobre o assunto que “não havia tantas pessoas envolvidas e as repercussões econômicas eram muito pequenas”.

Depois que o magnata de Wall Street Warren Buffett também saiu fortemente contra o Bitcoin no início deste mês, referindo-se a ele como "veneno de rato ao quadrado", a Cointelegraph publicou um Expert Take sobre Por que Wall Street ficará para trás se não investir na promessa de novas tecnologias como blockchain.