Celsius Network incorpora plataforma Bitcoin.com para simplificar seus serviços

Uma nova parceria entre a plataforma de empréstimos cripto Celsius Network e a agência de mídia focada em fintechs Bitcoin.com busca simplificar os serviços relacionados a moedas digitais para proprietários de criptomoedas usando o Celsius App.

Em um comunicado publicado em 15 de agosto, a Celsius diz ter integrado a plataforma de negociação da Bitcoin.com a seu Celsius App para simplieifcar o acesso a serviços financeiros para proprietários de criptomoedas. 

Os usuários agora podem comprar uma ampla gama de criptomoedas incluindo Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH) and Ether (ETH), através do Celsius App usando a plataforma de negociação cripto da Bitcoin.com.

O lançamento também sugere que as empresas esperam fechar ainda mais projetos colaborativos. Comentando sobre a parceria, CEO da Celsius Network, Alex Mashinsky disse:

“Ao permitir que nossa comunidade acesse a plataforma do Bitcoin.com através do aplicativo Celsius, damos um passo importante para simplificar o processos de adesão de criptomoedas. Não tenho dúvidas que isso ajudará a trazer mais próximos 100 milhões de pessoas para o universo das criptomoedas. Estamos ansiosos para cultivar nossa parceria com a Bitcoin.com para oferecer recompensas ainda maiores para nossas comunidades ”.

Em setembro do ano passado, foi noticiado que a Celsius Network estava planejando administrar o Fundo de Impacto dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável dentro da iniciativa de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Em parceria com a Fifth Element, a Celsius Network buscava “trazer o poder de volta ao povo”, fornecendo serviços bancários normalmente reservados apenas para proprietários de ativos de nível superior. 

No começo deste mês, a Celsius Network tinha superado US$ 300 milhões em depósitos de moeda no período de 12 meses, além de concluir mais de US $ 2 bilhões em originação de empréstimos: 

“A Celsius pagou mais em BTC e ETH do que qualquer outra empresa, devolvendo até 80% de sua receita aos depositantes, em comparação com a Binance BNB, que tem retorno de 20% dos lucros como recompra, e com a Nexo, que distribui 30% como dividendo.”