Cidade canadense de Calgary lança moeda digital local para transações dentro da cidade

Calgary, uma cidade na província canadense de Alberta, lançou sua própria moeda digital. O Dólar de Calgary permitirá que os detentores paguem por serviços e mercadorias em lojas locais, reportou a Global News na sexta-feira, 7 de dezembro.

De acordo com o HuffPost Canada, o dólar de Calgary foi inicialmente lançado em 1996, com cidadãos e empresas oferecendo bens e serviços em troca da moeda local ao lado do dólar canadense. Esse novo movimento em 2018 permite que os cidadãos façam o download de um aplicativo e armazenem a moeda digital em seus dispositivos.

Calgary é declaradamente a primeira cidade no Canadá a lançar sua própria moeda. Segundo a Global News, o governo de Alberta apoia a iniciativa. As autoridades esperam que o dólar de Calgary possa apoiar pequenas empresas e organizações sem fins lucrativos mantendo fundos dentro da cidade.

Os dólares de Calgary funcionam através de um aplicativo de smartphone que lista lojas e restaurantes que participam do programa. Os cidadãos podem gastar seus dólares canadenses para pagar o almoço, fazer uma doação para algumas organizações sem fins lucrativos de Calgary ou comprar bilhetes para transporte interno.

Uma maneira de obter a moeda é postar anúncios de mercadorias e serviços que os usuários desejam vender no aplicativo ou no website do projeto para dólares de Calgary, recebendo uma pequena quantia da moeda digital em troca da publicação do anúncio.

Recomendar dólares de Calgary a um amigo também traz lucro. Além disso, o Victoria Park, um distrito de eventos e cultura de Calgary, está oferecendo dinheiro de volta para os compradores que usam a moeda digital local.

Empreendedores locais, por sua vez, podem pagar até metade de suas licenças comerciais com dólares de Calgary.

Como o Cointelegraph relatou com frequência, muitos países estão considerando lançar moedas digitais locais.

Na Mongólia, a maior operadora de telefonia móvel do país planeja lançar uma moeda eletrônica, apelidada de “Candy”. Enquanto isso, em Dubai, os consumidores logo poderão usar moeda digital para pagar por bens, serviços e serviços após uma nova parceria com o governo. um provedor de pagamento blockchain.

Além disso, o Banco da Tailândia tem planos de desenvolver uma moeda digital do banco central atacadista que usará a plataforma Corda do blockchain consórcio R3.