Em parceria com exchange brasileira, Calvin Klein passa a aceitar Bitcoins como forma de pagamento

A gigante da moda e artigos de luxo Calvin Klein passou a aceitar Bitcoin como forma de pagamento em quatro de suas lojas físicas em São Paulo.

A novidade ainda é exclusiva para o Brasil, resultado de uma parceria da marca norte-americana com a Foxbit, uma das principais exchanges da América Latina.

"Aceitar Bitcoins em nossas lojas foi uma evolução natural. O projeto está alinhado com nossas estratégias digitais e nos permite oferecer uma nova conveniência para os consumidores, pois grande parte já está usando criptomoedas. Somos pioneiros." comentou Fábio Vasconcellos, presidente da PVH Brazil, controladora da marca Calvin Klein, em comunicado oficial à imprensa.

Para possibilitar a operação, a Foxbit utiliza a plataforma Cloudwalk, que converte automaticamente para Reais os valores recebidos em criptomoeda, com um câmbio realizado em tempo real.

O pagamento é feito através de QRCode no qual o cliente pode fazer a leitura do endereço e realizar o seu pagamento, que não inclui custos extra, como acontece com os cartões de crédito.

"A Foxbit e Cloudwalk estão revolucionando a indústria de pagamentos e o ecossistema global da criptoeconomia com essa solução e é muito bom contar com uma marca internacional de tanto prestígio como a Calvin Klein como primeira parceira", disse o CEO da Foxbit, João Canhada, no mesmo comunicado.

Por enquanto, a novidade está presente em apenas alguns endereços da marca. Os pontos da Calvin Klein selecionados para a novidade foram as lojas da Rua Oscar Freire e dos shoppings JK Iguatemi, Morumbi e Iguatemi São Paulo.