Comprar Bitcoin? Trump diz que EUA 'devem igualar' o jogo de impressão de dinheiro da China

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, propôs que os EUA manipulem moeda chinesa e euoropeana, provocando uma queda no valor do dólar.

O presidente norte-americano compartilhou seus pensamentos em um tuíte publicado em 3 de julho:

“A China e a Europa jogam muito e manipulam o dinheiro em seu sistema para competir com os EUA. Devemos IGUALAR, ou continuarmos a ser os tontos que sentam e observam educadamente como outros países continuam a jogar seus jogos - como eles têm feito há muitos anos! ”

O novo ataque vem apesar do fato de que a administração Trump formalmente parou de acusar a China de desvalorizar sua moeda para obter vantagens comerciais injustas somente dois meses atrás.

Tanto no Twitter quanto no Reddit, os comentaristas de cripto foram rápidos em observar que, à luz dessa política monetária de "corrida para o fundo", o tuíte de Trump equivale praticamente a uma "ordem direta [...] para comprar Bitcoin".

Judy Shelton, nomeada para o conselho do Fed por Trump, havia tuitado no dia anterior que "se esforçaria para apoiar a agenda econômica pró-crescimento dos EUA com a política monetária apropriada".

Em um tuíte publicado em 3 de julho, Mati Greenspan, analista da eToro, afirmou acreditar que a influência das tendências macroeconômicas sobre o Bitcoin já é uma realidade, afirmando:

"Meu entendimento é que a política do banco central é o maior impulsionador de todos os mercados, incluindo o de cripto."

A provocação do presidente agitou a Europa, com um especialista em estratégia de câmbio dizendo à CNBC que teme que o governo possa aplicar "tarifas compensatórias" sobre o setor automotivo da UE, justificando-as como uma resposta ao que o Departamento de Comércio considera como a depreciação artificial da moeda de certos países.

Outros estrategistas de moedas observaram o momento inesperado do renovado ataque à política cambial da China, argumentando que o yuan aparentemente não foi manipulado nos últimos dois anos.

Com os políticos usando as moedas nacionais fiduciárias como armas para ganhar vantagem no comércio, o argumento para a cripto como um ativo de refúgio seguro parece mais robusto do que nunca.

Em comentários no início desta semana, o cofundador da Morgan Creek Digital Assets, Anthony “Pomp” Pompliano, previu que o Bitcoin (BTC) atingiria US$ 100.000 até o final de 2021, citando o atual clima de instabilidade global como um grande fator determinante.