Brimhall Foods entregará produtos através do sistema de pedidos baseado em blockchain

A empresa americana de alimentosBrimhall Foods, firmou uma parceria com a Holdings Surge para entregar seus produtosa através de um sistema de encomendas baseado em blockchain, de acordo com um relatório da Foodprocessing-technology.com publicado em 27 de junho.

De acordo com o relatório, a BRIM poderá usar a rede de blockchain SurgePays para conectar dezenas de milhares de novas lojas.

O CEO da Surge Holdings, Brian Cox, diz que a BRIM inicialmente oferecerá 15 produtos através de sua rede blockchain com a SurgePays. Além disso, Cox observa que esses produtos podem ser encomendados e reabastecidos por sua rede de lojas de conveniência, mercados de bairro e mercearias.

Além disso, o presidente da Brimhall Foods Company, Terry Brimhall, afirmou que a parceria permitirá à Brimhall ter acesso a “dezenas de milhares de lojas adicionais ” sem precisar expandir sua equipe de vendas e sua rede de distribuição.

A Surge Holdings é uma empresa que oferece o uso de sua rede blockchain aos varejistas, que podem então usar o sistema para comprar produtos de empresas parceiras da Surge. A Surge pretende ser um “hub de distribuição virtual” que oferece “acesso contínuo a produtos globais”.

Muitos varejistas estão implantando tecnologias de blockchain para expandir suas redes de distribuição. Conforme relatado pela Cointelegraph no início desta semana, o Walmart China recentemente fez uma parceria com a VeChain para usar sua tecnologia blockchain para rastrear a produção do Walmart. De acordo com o comunicado de imprensa da VeChain:

“Espera-se que o sistema de rastreabilidade do Walmart China considere que a carne fresca rastreável responda por 50% das vendas totais de carne fresca embalada, legumes rastreáveis ​​representarão 40% das vendas totais de legumes embalados, frutos do mar rastreáveis ​​serão responsáveis ​​por 12,5% das vendas totais de frutos do mar até o final de 2020. ”