Ministério do planejamento brasileiro faz parceria com Microsoft em teste de aplicativo de identidade Blockchain

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão do Brasil fez uma parceria com a Microsoft e a start-up focada em Ethereum ConsenSys, para realizar o piloto de um aplicativo de identidade baseado em Blockchain.

O ministério pretende usar o aplicativo para verificar a legitimidade de documentos pessoais.

O projeto aproveitará a tecnologia fornecida pela uPort, afiliada da ConsenSys, que é um sistema de identidade "autossoberano", construído com base na moeda digital Ethereum. O sistema permite que seus usuários tenham acesso e controle sobre seus próprios dados.

De acordo com a chefe de tecnologia de informação do ministério, Adriane Medeiros Melo, o projeto piloto destina-se a testar possíveis aplicações das tecnologias Blockchain. Melo também espera que "crie um novo modelo de confiança entre o governo e o público".

Missão do ministério

O ministério foi criado em 1962 com a missão de coordenar a gestão das políticas e do orçamento do governo federal. O projeto conduzirá o uso da tecnologia Blockchain e da moeda digital está dentro de seu mandato.

Outros projetos Blockchain em todo o mundo

A iniciativa Blockchain do ministério é apenas um dos vários projetos para estudar o uso da tecnologia para fins de registro em todo o mundo a partir de agosto de 2017.

Nos EUA, o Departamento de Segurança Interna (DHS) forcedeu uma concessão ao lançamento do Blockchain, o Evernym, para o desenvolvimento de soluções de gerenciamento de chaves Blockchain. A concessão foi cedida pelo Programa de Inovação de Pequenas Empresas do DHS (SBIR).

Na Grã-Bretanha, a agência governamental não-departamental Innovate UK lançou uma competição voltada para start-ups Blockchain. O objetivo da competição é selecionar empresas para a agência financiar. O objetivo final é avançar projetos digitais de saúde que usem tecnologias como a inteligência artificial (AI), Blockchain e a Internet das coisas (IoT).