Bloomberg: plataforma de negociação institucional de criptomoedas, Bakkt pode adquirir BitLicense em Nova York

A plataforma de negociação institucional de criptomoedas Bakkt está considerando a aquisição de uma BitLicense em Nova York para lançar seus futuros de Bitcoins, segundo informações da Bloomberg desta quinta-feira, 18 de abril.

A Bakkt encontrou resistência da Commodity Futures Trading Commission (CFTC) dos Estados Unidos para aprovar seus futuros de Bitcoin por causa de suas intenções de custodiar os ativos dos usuários. A Bloomberg cita fontes anônimas próximas à situação, afirmando que para aliviar as preocupações do órgão regulador, a empresa está considerando adquirir uma licença dos reguladores financeiros de Nova York.

A CFTC reconhece o banco estatal e licenças confiáveis, podendo permitir a listagem de futuros se a Bakkt obtivesse uma licença de custódia de criptomoedas do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York. Embora a licença permitisse que a empresa tivesse a custódia dos criptoativos dos clientes, a Bakkt ainda precisaria de uma permissão da CFTC para o projeto mais amplo.

Os futuros do Bitcoin (BTC) que a empresa está tentando lançar são diferentes daqueles oferecidos pela Chicago Mercantile Exchange e pelo Chicago Board Options Exchange. A diferença é que os contratos da Bakkt, depois de vencidos, seriam pagos em Bitcoins ao invés de dólares, garantindo assim uma maneira regulamentada de obter as moedas.

Além disso, a plataforma também facilitaria o uso do Bitcoin para pagamentos, proporcionando às empresas uma maneira fácil de converter o BTC em dólares americanos.

Como informado pelo Cointelegraph em março, um comissário da CFTC revelou que o regulador está trabalhando ativamente para aprovar múltiplas aplicações relacionadas às criptomoedas, incluindo para futuros de Bitcoin da plataforma de negociação institucional Bakkt.

Além disso, na semana passada, a CEO da Bakkt, Kelly Loeffler, anunciou que um ex-executivo de engenharia do PayPal e do Google se juntará à equipe por trás da plataforma de ativos digitais institucionais.