Bakkt tem atraso em aprovação por preocupações da CFTC sobre planos de custódia de Bitcoin de clientes

Os aguardados planos da plataforma cripto Bakkt de armazenar Bitcoin (BTC) de clientes com seus futuros de Bitcoin podem ter mais atrasos em obter aprovação do regulador dos Estados Unidos, o Commodity Futures Trading Commission (CFTC). A notícia foi divulgada pelo Wall Street Journal (WSJ) em 21 de março, citando fontes anônimas.

Quand a Bakkt anunciou pela primeira vez em August, a plataforma revelou que seu primeiro produto seria futuros de Bitcoin que são fisicamente entregues diariamente, sujeitos a aprovação do CFTC. A Bakkt também diz que planeja armazenar Bitcoin em nome dos clientes através de seu "depósito físico".

De acordo com "pessoas entendidas no tema", em fevereiro a CFTC disse à plataforma que se houvesse custódia de cripto de consumidores, eles teriam de ter que passar por passos adicionais antes de aprovação. Em particular, a CFTC iria “exigiria divulgações do plano de negócios do empreendimento e um período de comentários públicos, o que atrasaria ainda mais a aprovação”.

O WSJ noticiou que os planos da Bakkt de custódia de Bitcoin de clientes então "encalharam" naquele mês para evitar mais atrasos.

A Bakkt e a CFTC agora estariam considerando outras formas para que a plataforma possa manejar os contratos futuros para que estejam de acordo com o regulador. De acordo com o relatório, a CFTC destacou várias opções alternativas para a Bakkt, incluindo ter o registro da empresa como  empresa de confiança. Porém, outras fontes disseram ao WSJ que o processo também pode levar mais tempo.

Enquanto isso, um porta-voz da Intercontinental Exchange — a operadora da Bolsa de Nova Iorque, que está lançando a Bakkt  — disse ao WSJ:

“Estamos trabalhando no processo de revisão regulatória e estamos ansiosos pra atualizar o mercado em breve.”

A Bakkt fez seu primeiro anúncio em novembro, mas atrasos sobre a aprovação junto à CFTC foram estendendo o prazo diversas vezes.

Apesar disso, de acordo com o comissário da CFTC Dan Berkovitz em entrevista nesta semana, o regulador está atualmente trabalhando "diligentemente" para emitir aprovação de diversas aplicações relacionadas a criptomoedas, incluindo a Bakkt.

Como o Cointelegraph escreveu hoje, 22 de março, a Bakkt teria ganhado avaliação de US$ 740 milhões depois de ter levantado mais de US$ 180 milhões em financiamento no ano passado.