Tecnologia Blockchain para transformar a indústria do turismo, diz oficial de turismo russo

O responsável da Agência Federal de Turismo da Rússia, Oleg Safonov, afirmou que a tecnologia Blockchain tem capacidade para transformar a indústria do turismo no país. Ele afirmou ainda que o setor está à beira da transformação por novas tecnologias emergentes, como o Blockchain.

Em seu discurso no Fórum de Turismo de Kazan 2017 no início de novembro, Safonov disse que o Blockchain pode ser utilizado para melhorar a qualidade dos serviços prestados aos turistas. Ele afirmou que, ao usar as tecnologias emergentes, os turistas poderão negociar diretamente com os prestadores de serviços e eliminará a necessidade de terceiros ou intermediários.

"Estamos absolutamente convencidos em nossa agência federal de que o Blockchain mudará seriamente o mercado do turismo, embora, em nossa opinião, isso não aconteceráem dois anos, mas de cinco a dez anos. Isso torna o produto melhor em qualidade, menos caro e também aumenta a responsabilidade do fornecedor pelo produto".

Posição russa sobre o Blockchain e criptos

O governo da Rússia mostrou pontos de vista contrastantes sobre o Blockchain e as moedas digitais.

O governo adotou uma abordagem cautelosa em relação às atividades virtuais de troca de moeda em todo o país. No entanto, o governo geralmente mostrou uma visão positiva sobre a tecnologia Blockchain, já que um banco estatal está realmente visando uma integração com o Ethereum.

Em outubro de 2017, o governo anunciou seus planos para avançar um projeto piloto para integrar o Blockchain em seu sistema de registro de terras no início de 2018. Com base no projeto de resolução divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Econômico na época, o uso da tecnologia é destinado a aumentar a acessibilidade das informações no registro de propriedade do país.

"O uso do Blockchain terá como objetivo aumentar a disponibilidade de informações sobre o registro da propriedade, as garantias de proteção dos direitos de propriedade, bem como o nível de confiança dos cidadãos na esfera do volume de negócios do setor imobiliário".


Siga-nos no Facebook