BitMEX testa SegWit, transações em lotes e Liquid Network para reduzir taxas de transferência

A plataforma de negociação de criptomoedas BitMEX sinalizou que começará a utilizar a tecnologia Liquid Network, da empresa Blockstream, para reduzir seu impacto nas taxas de transferências da rede Bitcoin (BTC).

Como parte de uma discussão nas redes sociais iniciada pelo CEO da Bitrefill, Sergey Kotliar, sobre como as principais exchanges criam taxas mais altas para os usuários do Bitcoin, a equipe da BitMEX disse que os desenvolvedores estavam "testando" as novas soluções.

"É nossa intenção, em vez disso, reduzir o espaço que ocupamos usando o SegWit & batching, e eliminar a necessidade de alguns tipos de retiradas usando o Liquid."

Exchange com maior volume de negociação segundo o site Coin Market Cap, a BitMEX tem sido acusada de prejudicar o mercado de criptomoedas devido ao número de transações que gera a partir de retiradas de Bitcoin e outros processos.

Atualmente a exchange representa aproximadamente 12% do volume de negociação de Bitcoin do mundo.

Quanto mais transações houver - especialmente se um grande número for lançado na rede de uma só vez - mais rapidamente as taxas de transação aumentam. Por causa disso, o impacto de uma grande quantidade de transações enviadas de uma só vez pode durar horas ou dias.

Algumas grandes exchanges já tomaram medidas para reduzir o número de transações que geram e, portanto, contribuem menos para o tamanho da mempool. Mempool é o nome dado ao conjunto de transações que aguardam serem confirmadas na rede Bitcoin. Quanto maior a Mempool, mais alta as taxas para processamento das transferências.

A tecnologia Segregate Witness (SegWit) teve uma boa aceitação até o início de 2018, com a BitMEX confirmando agora que esta fazendo os testes para implementá-la. A exchange também estuda a utilização de "batches". Esta técnica cria lotes de transações para criar menos trabalho para a rede.

"Temos o SegWit nos testes, mas ele vem junto com outros upgrades de back-end para sistemas que nos permitirão monitorar muitos mais endereços e rotacioná-los mais livremente. É nossa intenção reduzir o espaço que ocupamos usando o SegWit & batching, e eliminar a necessidade de alguns tipos de retiradas usando a Liquid Network.", escreveu a equipe.

A sidechain da Liquid Network forma uma rede separada indexada ao Bitcoin, uma das características é permitir que as transações de câmbio sejam liquidadas em um período essencialmente pré-definido.

Explicando por que o progresso até agora tinha sido lento em aplicar a solução, a BitMEX disse que seus protocolos internos exigiram uma abordagem mais intensiva da mempool até o momento.

A exchange processa todos as suas transações e retiradas manualmente todos os dias por motivos de segurança. Fazer este processo mais vezes ao dia iria atrasar artificialmente a liberação de retiradas prejudicaria a experiência do usuário.

A Bitmex é a maior exchange em volume de negociação e parece que só aumenta sua presença no mundo das criptomoedas.

Como o Cointelegraph mostrou, a empresa recentemente anunciou que está doando recursos ao Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) para o desenvolvimento de novas pesquisas relacionadas ao universo das criptomoedas.