Exchange Bitfinex move US$ 1,5 milhão de stablecoin para sidechain de Bitcoin

Exchange de criptomoedas Bitfinex movimentou 1,556 milhão de USDT (USDT) do protocolo Omni para a sidechain Liquid Bitcoin (BTC).

CTO da Bitfinex Paolo Ardoino anunciou a troca de protocolo da stablecoin atrelada ao dólar americano no Twitter em 2 de novembro.

A conversão aumenta a quantidade de USDT disponível na rede, depois da stablecoin ter sido lançada na sidechain Liquid no final de julho. Ardoino disse que o desenvolvimento terá um efeito benéfico no protocolo:

“A sidechain Liquid agora tem mais liquidez para atomic swaps e arbitragem de exchanges.”

Uma sidechain em rápido desenvolvimento

Em julho, o desenvolvedor da Liquid Blockstream lançou uma nova ferramenta que permite aos usuários executar atomic swaps para todos os ativos suportados pela rede Liquid. Em junho de 2015, a Liquid adicionou transações confidenciais projetadas para melhorar a segurança do usuário do Bitcoin, mantendo os valores enviados visíveis apenas para os participantes da transação ou outras partes envolvidas.

Neste verão, o CEO da Blockstream, Adam Back, anunciou que os usuários de Bitcoin poderiam usar a Lightning Network enquanto enviavam moedas na sidechain Liquid.

Em uma entrevista recente, Back estava otimista com o futuro das cadeias laterais do Bitcoin. Back disse que eles diminuirão o apelo das altcoins, pois trarão recursos das redes de altcoin ao Bitcoin.

Tether expande-se além do protocolo Omni

O Tether foi desenvolvido originalmente para operar na camada Omni do protocolo Bitcoin. A Tether afirma que operar no Omni dá ao ativo a estabilidade geralmente associada ao Bitcoin.

Desde a sua criação em 2014, o Tether adicionou outros protocolos de transporte. A stablecoin também está disponível na blockchain Ethereum, que o torna operacional em contratos e aplicativos inteligentes nessa rede.