Bitcoin ensaia reação nas exchanges do Brasil, negociado pouco abaixo dos R$ 37.000

O Bitcoin (BTC) tem dia de pequena alta no mercado das exchanges brasileiras nesta terça-feira (30), com a moeda sendo negociada no momento (16:20) logo abaixo dos R$ 37.000.

No momento, a maior criptomoeda por valor de mercado é negociada ao redor de R$ 36.912, alta de 1,54%, em dia com enorme variação de preço. Apesar do preço médio no dia ser de R$ 36.692, a maior criptomoeda registrou mínima de R$ 34.973 e máxima de R$ 39.270 nesta terça.

O volume negociado cresceu com reação aos últimos dias, com 592 BTCs negociados. O domínio de mercado da exchange Mercado Bitcoin é ainda maior nesta terça, sendo responsável por 338 BTCs do montante total, quase 58%. Entre as demais exchanges, a BitcoinTrade negociou 97 BTCs no dia, seguida pela BitCâmbio (87) e a BitcoinToYou (44).

A alta do Bitcoin também puxa a arrancada das demais altcoins no Brasil. Depois de dias consecutivos de queda, Ethereum tem recuperação de 0,79%, negociado a R$ 802. Já o Ripple tem alta de 3%, cotado agora a R$ 1,21.

Outras cripto têm importante alta, como o Bitcoin Cash, que sobe 3,61% até os R$ 1.207, o EOS, que tem alta de 1,49% chegando a R$ 16,05, e o Bitcoin SV, que ganhou 1,94% no dia e agora vale R$ 567.

A criptomoeda do serviço adulto de entretenimento SpankChain segue em disparada notável, subindo mais 6.139% para chegar aos R$ 11,34 no momento, já despontando como 19a maior criptomoeda.

Entre os índices dos mercados mais tradicionais, as ações do Ibovespa operam em queda de 0,41% no momento, com 103.057 pontos. Já o dólar tem dia de pequena alta, 0,24% até os R$ 3,79 no câmbio comercial, quase mesmos ganhos do euro, que sobe 0,21% para ser negociado a R$ 4,23.