Bitcoin prepara-se para minerar moeda 18.000.000 e atingir 86% da produção final

Os mineradores da rede Bitcoin preparam-se para minerar o BTC número 18.000.000 nesta semana, deixando restantes apenas 3 milhões para serem produzidos antes que a mineração seja interrompida, no distante ano de 2140.

Os dados do recurso de monitoramento de criptomoedas Blockchain.com confirmaram que o fornecimento total de Bitcoin atingiu 17,92 milhões em 14 de outubro.

De acordo com os cálculos em bloco, as moedas restantes para inteirar os 18 milhões devem entrar em circulação antes do início da próxima semana.

A política econômica do Bitcoin está programada no código que sustenta a rede e tem uma prazo de mais de 100 anos de redução inflacionária ininterrupta a cada quatro anos. Ao todo somente existirão 21.000.000 de Bitcoins. Isso faz com que o Bitcoin seja o primeiro ativo digital escasso da história.

"Levará outros 120 anos para extrair os 14,3% restantes da oferta total, ou aproximadamente 3.000.000 de Bitcoins", observou o analista Rhythm no Twitter.

O analista também lembrou que a quantidade de mineradores que competem por sua recompensa em Bitcoin também nunca foi tão alta, com a taxa de hash (poder de mineração da rede) em seu nível mais alto de todos os tempos https://www.blockchain.com/pt/charts/hash-rate.

Os mineradores de Bitcoin criam um novo BTC cada vez que validam com sucesso um bloco de transações. Estes ocorrem aproximadamente a cada dez minutos. A cada quatro anos, sua recompensa diminui pela metade, o que significa que 'criar' novos Bitcoins envolve cada vez mais horas extras de trabalho computacional.

Portanto, embora 85% da oferta total de 21 milhões de BTC já entrou no mercado desde 2009, o restante levará muito mais tempo.

Muitos especialistas acreditam que é improvável que mais de 75% da produção esteja disponível. Muitos usuários já perderam o acesso a uma parte das 17.9 milhões de moedas. Dependendo da metodologia, os pesquisadores acreditam que essas moedas perdidas representam cerca de 20% da oferta.

Se os dados estiverem corretos, é provável que apenas cerca de 15 milhões de pessoas possam possuir um BTC inteiro.

Como mostrou o Cointelegraph, os dados desta semana mostraram que carteiras contendo mais de 1.000 BTCs se tornaram muito mais populares em 2019.