Startup Bitcoin leva os pagamentos na Lightning Network à Amazon e Whole Foods

A startup de pagamentos com sede nos Estados Unidos Fold tornou possíveis os pagamentos com Lightning Network (LN) na Amazon, Starbucks, Uber e outros grandes varejistas. A notícia foi revelada em um post oficial publicado no dia 10 de julho.

Como publicado anteriormente, a Lightning Network do Bitcoin (BTC) é uma solução de segunda camada para as limitações de escalabilidade do Bitcoin, abrindo canais de pagamento entre usuários que mantêm a maioria das transações fora da cadeia, voltando à blockchain subjacente apenas para registrar os resultados líquidos.

Em seu comunicado, a Fold revela que os varejistas participantes selecionados vão liquidar os pagamentos da LN dos usuários - denominados em satoshis, ou um centésimo milionésimo de um Bitcoin - por meio de seus programas de acesso pré-pago em uma moeda de sua escolha.

Os pagamentos da LN são processados ​​por meio do site da Fold, onde os usuários podem selecionar um varejista e pagar a fatura relevante usando sua carteira Lightning. Uma vez paga, ela fornece a eles um cartão-presente, com valor máximo de US$ 25, que pode ser resgatado na loja usando um código de barras ou on-line por meio de um código alfanumérico.

Além dos benefícios evidentes de escalabilidade e acessibilidade do fornecimento de suporte à LN nos principais varejistas, a Fold ressalta que seus serviços visam, de forma mais ampla, manter a fé nos princípios fundamentais da cripto: que significa nenhum controle KYC (Conheça-seu-Cliente), um sistema sem custódia e - em uma explosão de maximalismo do Bitcoin - sem suporte para altcoins.

Além das já mencionadas Amazon, Starbucks e Uber, o serviço de pagamento Lightning da Fold também está disponível para REI, Home Depot, Southwest Airlines, Target, AMC, Whole Foods e outras.

A Fold segue outros processadores de pagamento de cripto de terceiros com o objetivo de fornecer maneiras para os usuários usarem a Lightning nos principais locais de comércio eletrônico e varejo.

Em abril deste ano, a startup Moon lançou uma extensão de navegador Web que permite que compradores on-line usem suas carteiras Lightning para compras na Amazon e em sites semelhantes. Como a Fold, a Moon serve como um intermediário - o que significa que nomes familiares como a Amazon ainda não estão manipulando ou processando a cripto diretamente.

Conforme relatado, a Fold lançou seu serviço de pagamentos Bitcoin - desta vez explicitamente projetado como um cartão presente - que estava disponível para uso em varejistas como a Starbucks já em 2015.

Em março deste ano, a empresa de desenvolvimento de blockchain Lightning Labs anunciou o lançamento inicial da offramp Lightram para Lightning Loop, fornecendo uma maneira não-custodial de receber fundos através da rede.