Compras de Bitcoin chegam a 2.200 bancas da Coinstar nos EUA, com expansão da parceria

A operadora de caixas eletrônicos Bitcoin Coinme expandiu suas opções de compra de Bitcoins (BTC) para residentes nos Estados Unidos para cobrir 21 estados, confirmou a empresa em um comunicado de imprensa em 22 de maio.

A Coinme, que começou como a primeira provedora licenciada de caixas eletrônicos Bitcoin dos EUA em 2014, agora atende cerca de 2.200 localidades no país por meio de sua parceria existente com a Coinstar, operadora de bancas de moedas.

Como o Cointelegraph informou, a Coinstar começou a vender Bitcoin por USD em janeiro deste ano, limitando até agora o recurso ao mercado americano.

“O Bitcoin e outras moedas digitais oferecem benefícios exclusivos aos consumidores - incluindo o potencial de remessas econômicas e rápidas para a família e amigos”, comentou Neil Bergquist, cofundador e CEO da Coinme, no comunicado à imprensa.

O recurso é integrado às máquinas da Coinstar participantes, com os usuários podendo converter até US$ 2.500 para Bitcoin usando uma conta da Coinme. As negociações estão sujeitas a uma taxa fixa de 4%.

De acordo com o recurso de monitoramento CoinATMRadar, há agora mais de 3.000 caixas eletrônicos ou caixas de Bitcoin disponíveis nos EUA, tornando-o facilmente o líder global no setor.

O segundo é o Canadá, com pouco menos de 700 locais, seguido pela Áustria com 270 e o Reino Unido que conta com 238 locais conhecidos.

Tradicionalmente, os usuários de criptomoeda preferem os métodos on-line de entrada e saída de ativos, mas o setor físico de caixas eletrônicos testemunha uma rápida expansão nos últimos tempos.

“A resposta de poder comprar Bitcoin nas bancas da Coinstar tem sido extremamente positiva, com uma demanda esmagadora por parte dos consumidores e dos novos parceiros varejistas”, acrescentou o CEO da Coinstar, Jim Gaherity.