Preço do Bitcoin cai abaixo dos US$ 10 mil e BTC minimiza impacto de seu primeiro corte de taxa de juros do Fed

O preço do Bitcoin (BTC) recuou para abaixo de US$ 10.000 em 1º de agosto, já que os mercados sacudiram amplamente frente ao primeiro corte da taxa de juros do Federal Reserve desde 2008.

Market visualization

Visualização de mercado. Fonte: Coin360

Bitcoin não dá a mínima para o Fed

Os dados da Coin360 mostraram que a maior criptomoeda pairava logo abaixo da barreira significativa uma vez mais nesta quinta-feira (1), subindo até US$ 10.138 nas últimas 24 horas.

Um aumento súbito fez o par BTC/USD subir 500 dólares na quarta-feira (31), um movimento que se seguiu a uma queda dramática no fim de semana, quando o par desabou US$ 800 em minutos.

Bitcoin 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Bitcoin. Fonte: Coin360

O retorno temporário aos US$ 10.000 veio acompanhado de um novo debate sobre a regulação da cripto e da blockchain nos EUA, enquanto o corte de juros desta semana também serviu para estimular a excitação entre os traders.

Como várias fontes notaram, o corte foi o primeiro do Fed desde a criação do Bitcoin, há dez anos.

“Em preparação para o halving, o Federal Reserve está cortando as taxas de juros para destacar ainda mais a inovação econômica do Bitcoin. Todos devem agradecer a Jerome Powell por manter o Bitcoin como uma tese de valor!” comentou Michael Goldstein, presidente do Instituto Nakamoto, no Twitter sobre o evento.

No momento desta publicação, no entanto, o Bitcoin não era amplamente afetado pela política econômica dos EUA em comparação a seu comportamento em função dos ruídos regulatórios ao longo do mês passado.

Como relatado pelo Cointelegraph, mensagens confusas do Congresso e de outros países produziram uma volatilidade significativa, com o BTC/USD ainda abaixo de US$ 4.000 em relação às altas de julho. Em comparação com exatamente um mês atrás, porém, o par não rastreou nem para cima nem para baixo.

Altcoins estagnam ainda mais

Um quadro semelhante apresentado nos mercados de altcoin. A ação lateral definiu a atividade das vinte maiores criptomoedas por capitalização de mercado nos últimos dias, com tokens se movendo em sintonia com o Bitcoin.

O Ether (ETH), a maior altcoin por valor de mercado, subiu modestos 0,7% na sexta-feira, para US$ 213, após ter passado a última semana em um corredor entre US$ 200 e US$ 223.

Ether 7-day price chart

Gráfico de preços de 7 dias do Ether. Fonte: Coin360

Outros aliados importantes replicaram amplamente tal comportamento, com uma exceção sendo o Litecoin (LTC), que ganhou 4,8% para liderar o mercado, já que sua queda está agora menor que a de uma semana atrás.

Por outro lado, o Bitcoin Cash (BCH) e seu fork, Bitcoin SV (BSV), perderam cerca de 2,5% na sexta-feira.

A capitalização total de mercado da criptomoeda ficou em US$ 273 bilhões, com a participação do Bitcoin em 65,1% do total.

acompanhe os mercados de cripto em tempo real aqui