Bitcoin está perto de superar US$ 11 mil e registra nova valorização acima de 3%

Em uma semana agitada que começou com uma valorização responsável por tirar o preço do Bitcoin do patamar dos US$ 9 mil, a principal criptomoeda do mercado está muito próxima de superar os US$ 11 mil. No momento da escrita o BTC registra um preço de US$ 10.900.

Segundo William Suberg, em texto para o Cointelegraph, os ganhos de 12% na semana animaram os analistas, que abandonaram a perspectiva de baixa para apostas na sequência do movimento ascendente. Uma desaceleração no crescimento pode ter arrefecido as aspirações, mas os mercados agora esperam que outros eventos externos influenciem o comportamento das criptos. 

Já para Filb Filb, um conhecido trader de Bitcoin, o lançamento da plataforma de negociação institucional Bakkt no fim de setembro pode ser o momento mais perto para esta mudança, "O Bitcoin continua a se consolidar acima de US $ 10.000", e acrescentou:

“Muitas pessoas esperam receber lances abaixo de US$ 9.000; o mercado raramente consegue o que quer e não ficaria surpreso se eles fossem obrigados a comprar mais. Mas vamos ver o que acontece com o lançamento do Bakkt. "

No momento da escrita o preço do BTC registra um movimento positivo aicma de 3%, uma importante marca atingida no dia tendo em vista que ontem, 05 de setembro, a negociação foi, em sua maioria, lateralmente, regitrando pequenas altas e baixas ao longo de todo dia.

"Os sentimentos de alta em relação ao BTC parecem ter vencido mais uma vez, com o domínio do Bitcoin atingindo 70,5%. destaca Joeri Cant

A primeira vez em 2019 que o Bitcoin rompeu a marca de US$ 11 mil foi em 22 de junho.