‘Celebridade de ICO’ do Bitcoin vê Kim Dotcom financiar a Bitcache com criptos

O criador do empreendimento Megaupload, Kim Dotcom, anunciou que vai lançar uma ICO para o seu projeto Bitcache.

O anúncio mostra uma lista de atualizações há muito aguardadas sobre a plataforma de compartilhamento de conteúdo "criptografado e anônimo", que Dotcom construiu para incorporar pagamentos em Bitcoin.

Dotcom, que anunciou a ICO no Twitter na quarta-feira, levará fundos para "construir a infraestrutura global". Ao mesmo tempo, uma versão limitada do Bitcache estará disponível para testes pelos usuários "na próxima semana".

Kim Dotcom diz: Na semana que vem você pode se registrar e experimentar a primeira característica do K.im e do Bitcache. Então lançaremos uma #ICO para construir nossa infraestrutura global.

Dotcom acrescentou que os seguidores do Twitter poderiam reivindicar uma carteira Bitcache "pré-carregada" com a qual eles podem comprar conteúdo online da plataforma.

Kim Dotcom diz: Vocês vão amar essa: TODOS os meus seguidores no Twitter ganharão uma carteira Bitcache >pré-carregada< para comprar conteúdo on-line. Em breve! Somos amigos, não é?

O Bitcache e o recém-renascido Megaupload 2 aparecem enquanto seu ilustre criador continua enfrentando pressões legais nos EUA e na Nova Zelândia.

No mês passado, o governo dos EUA liberou alguns dos mais de US$ 42,5 milhões de capital e bens previamente congelados em Hong Kong, enquanto a ameaça de extradição para o país ainda se aproxima.

Os eventos que envolvem a atenção legal concedida a Dotcom desde 2012 têm frequentemente sido coberto pela imprensa, e no início deste ano, um documentário dedicado saiu no mercado internacional.

Ele também anunciou um retorno à política, dizendo que seu partido "abateria" o governo que restrinja o que os cidadãos podem ver on-line, relatou o recurso de notícias local New Zealand Herald no início deste mês.