Bitcoin chega quase aos US$ 5.600, formando sua primeira grande disparada de sinal de compra desde outubro de 2015

Terça-feira, 23 de abril — os mercados cripto dispararam no dia, com o Bitcoin (BTC) atingindo novo pico em 2019 acima dos US$ 5.500.

A maioria das 20 maiores criptomoedas por valor de mercado operam em alta sólida até esta publicação, com o Tezos (XTZ) disparando mais de 12% nas últimas 24 horas. Por outro lado, o Binance Coin (BNB) e o Bitcoin SV (BSV) perderam cerca de 2,7% e 1,2% respectivamente.

Market visualization from Coin360

Visualização de mercado segundo o Coin360

O Bitcoin continua sua tendência de alta e disparou até chegar a US$ 5.590 no dia, de acordo com o CoinMarketCap. Até esta publicação, a maior criptomoeda tem alta de 4,6% durante o dia para ser negociado em US$ 5,572, que representa crescimento de 9,5% nos últimos 7 dias.

domínio do Bitcoin no mercado subiu nas últimas 24 horas, de 52,5% para 53,2% até o momento.

Bitcoin 24-hour price chart

Desempenho do Bitcoin nas últimas 24 horas. Fonte: CoinMarketCap

O Ether (ETH), segunda maior criptomoeda em valor de mercado, tem alta de 2,3% e é negociado em US$ 175, com alta de 7,6% nos últimos 7 dias.

Recentemente, o co-fundador da plataforma Ethereum Vitalik Buterin propôs maior retorno na implementação do algoritmo proof-of-stake na blockchain Ethereum.

Ether 7-day price chart

Desempenho do Ether nos últimos 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

XRP, segunda maior altcoin, mostra pouca volatilidade no dia, caindo 0,1% até US$ 0,326. Nos últimos 7 dias, a moeda tem alta de 1,5%.

XRP 7-day price chart

Desempenho semanal do XRP. Fonte: CoinMarketCap

A capitalização do mercado total atingiu os US$ 185 bilhões pela primeira vez em 2019. Até esta publicação, o valor de mercado caiu até os US$ 184 bilhões, com volume de negociação diária subindo para US$ 50 bilhões.

Total market capitalization 7-day chart

Capitalização total de mercado nos últimos 7 dias. Fonte: CoinMarketCap

Citando dados da exchange europeia Bitstamp, a Bloomberg escreveu hoje que o Bitcoin formou sua maior disparada de sinal de compra desde outubro de 2015. O marco formou um aumento de 35% no preço, passando para quase US$ 5.600, a caminho de seu melhor ganho mensal desde o auge do frenesi cripto de dezembro de 2017, notou a Bloomberg.

Bitcoin golden cross chat

Gráfico de Sinal de Compra (Golden Cross) do Bitcoin. Fonte: Bloomberg

Recentemente, o fundador da Fundstrat Global Advisors Tom Lee revelou que o indicados de sentimento sobre o Bitcoin da empresa Bitcoin Misery Index (BMI) não foi aplicado em um mercado de urso. O especialista notou que o BMI estava acima dos 50 durante 2018, mas recentemente alcançou o valor de 89, o que significaria que "um mercado de búfalo pode estar começando".

As bolsas de valores dos Estados Unidos tiveram poucas mudanças até o momento, com o Dow Jones Industrial Average (DJIA) em queda de 0,2%, enquanto o S&P 500 (SPX) e Nasdaq (NASDAQ) crescem 0,1% e 0,2%, respectivamente.

Enquanto isso, os preços do petróleo cresceram mais de 2% desde o último dia, registrando uma nova alta este ano, em meio à crescente preocupação com o fornecimento global, depois que os Estados Unidos anunciaram uma nova restrição às exportações de petróleo do Irã, como informa a CNBC. O petróleo bruto West Texas Intermediate (WTI) subiu 0,6% desde o prelo e o petróleo Brent subiu em torno de 0,4%, enquanto a OPEP subiu 1% no dia.

Por outro lado, os preços do ouro caíram no dia, com o valor do minério caindo cerca de 0,2% para US$ 1.272 a onça. Os contratos futuros de ouro dos EUA caíram 0,2% para US$ 1.274 no momento deste texto.