Bitcoin abaixo de US$ 7 mil pode causar um desastre na mineração com 'fim' das Antminer S9, que processam 60% da rede BTC

O preço do Bitcoin precisa ficar acima de US$ 7 mil ou poderá ocorrer um desligamento em massa de mineradores que pode atingir um dos principais equipamentos do mercado, o Antminer S9, da Bitmain, conforme dados do F2Pool, um dos principais pools de mineração de BTC do mundo.

O Antminer S9 da Bitmain foi lançado em 2017 ano em que também houve um aumento muito grande na indústria de mineração, impulsionado por um grande interesse no BTC na época e pelo preço que atingiria quase US$ 20 mil naquele ano.

O S9 era o equipamento com melhor custo/benefício do mercado e praticamente o único que era possível comprar a pronta entrega, com isso, se tornou o principal minerador de Bitcoin naquela momento. Em 2018 também manteve sua liderança entre os 'top' equipamentos também impulsionado por um Bear Market que culminou em pouco investimento na indústria.

Já em 2019 novos equipamentos, muito mais eficientes, foram lançados mas com promessa de entrega somente para o segundo semestre do ano, mantendo o S9 como líder, principalmente nos mercados fora da China. No Paraguai, principal centro de mineração da América Latina, por exemplo, poucos mineradores possuem equipamentos ASIC 'modernos' como o S17.

No entanto o 'reinado' do S9 pode acabar se o preço do BTC ficar abaixo dos US$ 7 mil revelou dados apresentados recentemente pelo F2pool, porém, o impacto do desligamento das S9 não será sentido somente na indústria de mineração e certamente o hashrate do Bitcoin deve cair drasticamente tendo em vista que estimasse que cerca de 60% do poder de computação do Bitcoin seja processado por meio do Antminer S9.

Por meio de sua conta no Weibo, uma espécie de twitter chinês, o F2pool anunciou oficialmente o "preço de fechamento" de alguns mineradores, entre eles o S9 que, de acordo com o Pool, se o Bitcoin ficar abaixo de US$ 6786, os lucros dos mineradores com a venda de seus BTC não poderão cobrir o custo das máquinas de mineração, os custos de manutenção das máquinas de mineração e os custos de eletricidade.

Desta forma, se o preço não mantiver acima de US$ 7 mil (para compensar custos adicionais e variações na energia) um desligamento em massa de ASIS S9 poderia ocasionar um desastre na rede BTC que poderia testemunhar uma queda brusca no hashrate que também poderia impulsionar, por sua vez, uma nova baixa nos preços, um movimento semelhante ao de 2018.

Junto com o S9 também atingiram o preço de fechando os equipamentos, Shenma M3, Avalon A741, Wingbit E9 + e Ant T9 +, Avalon A821.

"Em abril deste ano, houve um mercado em alta: as mineradoras usam a Ant S9 para minerar. A renda diária de cada mineradora é superior a 90 yuan. Agora, as mineradoras quase não têm lucro usando a mesma máquina. Em abril, o preço dos mineradores Ant S9 em segunda mão aumentou com o aumento do preço da moeda, e chegou a 3.000 yuan / unidade, e agora o preço está em torno de 400 yuan / unidade. 'O rei das máquinas da geração' Ant S9 está enfrentando uma batalha. Os mineiros antigos relutam em desligar e os novos mineiros não querem mais", disse o portal Bip.

Com o aumento do poder de computação, a dificuldade crescente da mineração de Bitcoin em toda a rede tem uma tendência a espremer os mineradores de varejo do mercado.Mike Edwards, executivo-chefe de uma empresa de mineração no Reino Unido, disse: "É extremamente difícil indivíduos e pequenas empresas de mineração permanecerem lucrativas porque o atual sistema de mineração é bom apenas para mineração em larga escala".

Em 7 de novembro deste ano, o poder computacional de toda a rede caiu 7,1%. A última vez que um declínio significativo no poder de computação foi em novembro de 2018, quando o Bitcoin caiu para menos de US$ 6 mil e, em seguida, os mineradores em grande escala "renderam-se", desligando supostamente de 600.000 a 800.000 máquinas de mineração e então veio o bear market, provando que os mineradores têm grande influência no preço do BTC.

Desta vez, a situação parece semelhante. A queda no preço da moeda aprofundou o dilema dos pequenos mineradores que não conseguem executar uma tarefa lucrativa e optam por parar e até vender os bitcoins minerados a um preço baixo. A pressão de venda dos mineradores pode fazer com que o preço da moeda caia ainda mais, formando um círculo vicioso até atingir, como em 2018, um fundo.

"O S9 está à beira do desligamento e lançou um importante sinal: a era da mineração está prestes a inaugurar um ponto de virada", destacou a Bip.

Como noticiou o Cointelegraph, a Canaan Creative, gigante do setor de mineração de Bitcoin (BTC), arrecadou US$ 90 milhões em sua oferta pública inicial (IPO) - mais de 75% menos do que o esperado.

Confira mais notícias