Binance lança amplo suporte DEX para Trust Wallet junto com a Kyber Network

A exchange cripto Binance adicionou suporte a várias trocas descentralizadas (DEX) à sua Trust Wallet ao integrar o protocolo da Kyber Network.

O desdobramento foi revelado em um comunicado oficial compartilhado com o Cointelegraph em 24 de julho.

Como publicado anteriormente, a Binance adquiriu a Trust Wallet - uma carteira descentralizada de código aberto que inicialmente oferecia suporte ao Ether (ETH) e a tokens nativos baseados em Ethereum - no verão de 2018.

Depois de estender o suporte da carteira a múltiplas criptomoedas, a Binance lançou a carteira em sua plataforma não-custodial Binance DEX em junho deste ano.

Após a integração com o protocolo de liquidez da Kyber Network - uma plataforma dedicada para soluções de negociação cruzada - os usuários terão acesso ao ecossistema DEX mais amplo e poderão trocar criptomoedas usando uma interface Multi-DEX e sem um livro de pedidos, descrevem os anúncios.

Na primavera, a Binance revelou detalhes de seu roteiro para a Trust Wallet, indicando que planeja oferecer suporte a tokens baseados em protocolos usando algoritmos de prova de consenso (PoS), oferecer serviços de staking e integrar protocolos de pagamento de segunda camada, como a Lightning Network.

Interoperabilidade e soluções descentralizadas

A interoperabilidade ganhou força entre os construtores de protocolos e as empresas do setor, ansiosas para evitar a eventualidade de um cenário de blockchain em silos e promover o desenvolvimento de aplicações e negociações sem atritos.

Neste verão, as plataformas blockchain chinesas Ontology e NEO se uniram para criar uma plataforma aberta global e a incubadora Ethereum Classic (ETC) ETC Labs revelou seus planos para criar uma solução para a interoperabilidade entre Ethereum (ETH) e ETC em colaboração com a Metronome (MET).

Um relatório publicado no início deste ano mostrou que, apesar de um aumento significativo na criação de DEXs no ano passado, suas contrapartes centralizadas continuam a controlar uma fatia gorda do volume de comércio global da indústria.