KPMG identifica quatro principais habilidades necessárias para uma carreira blockchain

A empresa de auditoria e Big Four KPMG identificou as quatro principais habilidades necessárias para uma carreira relacionada à blockchain, em um comunicado compartilhado com o Cointelegraph nesta quinta-feira, 16 de maio.

A KPMG sugere um número crescente de empresas que investigarão a tecnologia blockchain neste ano. “Os projetos blockchain não terão sucesso ou serão dimensionados sem uma equipe multifacetada que vá além dos técnicos”, afirma a empresa, identificando assim as quatro principais habilidades necessárias para uma carreira na indústria.

A KPMG argumenta que a implementação bem sucedida da tecnologia blockchain depende de profissionais com conhecimento em tecnologia e visão de negócios.

No último quesito citado, a Big Four afirma ser necessário um profundo entendimento de processos específicos nos negócios, essencial quando se desenvolve e define um caso de uso altamente requisitado e uma proposta de valor para um projeto.

A importância da alfabetização tecnológica está na compreensão de como as blockchains realmente operam. A KPMG disse que é essencial entender como aplicar esse conhecimento a um caso de uso específico.

A KPMG sugere que os profissionais da área devem ter habilidades de análise de dados para entender e aplicar dados derivados de uma blockchain, além de uma “mentalidade hacker”, que exige que as equipes sejam abertas e capazes de explorar e experimentar, “hackeando o problema” em múltiplas perspectivas.

No início deste ano, a KPMG divulgou uma pesquisa mostrando que 48% dos executivos acreditam que a blockchain mudará a maneira como fazem negócios nos próximos três anos. Quando questionados sobre a possibilidade de implementar a blockchain em suas empresas, 41% dos entrevistados disseram que provavelmente usarão a tecnologia. Quanto às vantagens e desvantagens da tecnologia descentralizada, 23% dos entrevistados acreditam que a blockchain ajuda a melhorar a eficiência dos negócios.