Banco da Tailândia está aberto para discutir o Libra e têm preocupações com a segurança

O presidente do Banco da Tailândia, Veerathai Santiprabhob, disse que a instituição está aberta a discutir a política do Libra do Facebook com a empresa, informou a mídia local Xinhuanet em 19 de julho.

De acordo com o relatório, Santiprabhob fez seus comentários na feira Bangkok FinTech em 19 de julho, apontando que o Facebook já havia contatado o banco central várias vezes. Ele também observou que a instituição havia estabelecido uma nova equipe para estudar o artigo técnico do Libra, mas sua análise levará tempo. "Não vamos apressar uma decisão sobre o Libra ainda", disse Santiprabhob, continuando a enfatizar a importância da segurança:

“Todos os tipos de dinheiro digital novo estão surgindo, portanto o Banco da Tailândia monitora tudo e não dá favoritismo a nenhum serviço financeiro em particular. A segurança nos serviços financeiros é a principal prioridade do banco. Vai levar tempo.

Santiprabhob supostamente disse que o Libra não pode simplesmente substituir o baht tailandês, concluindo que "Libra não pode simplesmente intervir e substituir todas as moedas e dinheiro digital".

Como a Cointelegraph informou no início deste mês, o diretor jurídico do Escritório de Política Fiscal Sumaporn Manason argumentou que o Libra provavelmente enfrentará dificuldades para entrar na Tailândia, já que a criptomoeda não se enquadra em nenhuma legislação financeira local existente atualmente.