Balaji Srinivasan, ex-CTO da Coinbase, diz que toda grande organização possui Bitcoin

O ex-CTO da Coinbase, Balaji Srinivasan, tuitou que todas as grandes organizações do mundo detêm alguma quantia em Bitcoin (BTC), pois ele é um instrumento universalmente valorizado.

O ex-CTO começou sua análise reforçando o papel da internet na descentralização de oportunidades para novos projetos:

"Uma das conseqüências é que a localização se torna menos importante. Você não precisa do Delaware para a incorporação, Vale do Silício para financiamento ou Nova York para sua saída. Você nem precisa mais de um visto dos EUA. Tornando-se mais fácil de começar de qualquer lugar com uma boa conexão à Internet."

Logo depois, Srinivasan falou sobre grandes organizações: "Neste mundo, todas as principais organizações detêm alguns BTC, sendo o único instrumento universalmente valorizado. O padrão ouro digital. Nem tudo pode rodar na blockchain do Bitcoin, é claro, então vamos ver off-chain em muitas alternativas - Postgres, L2 e / ou outras cadeias - dependendo da comunidade", disse ele.

A entrada de grandes investidores institucionais no mercado não é mais uma suposição. Um dos grandes indicadores deste movimento é o volume de contratos futuros de Bitcoin negociados na CME (Chicago Mercantile Exchange). Os contratos negociados na bolsa de mercado futuros de Chicago são o principal instrumento que investidores institucionais utilizam para ter exposição ao preço do BTC. Maio foi o mês mais forte em volume de negociações desde que o contrato foi criado no fim de 2017. 

Outro dado que mostra a chegada de investidores institucionais no mercado é o recente relatório da Grayscale, que mostram que 66% da recente entrada de capital vem de grandes investidores institucionais.

Srinivasan também fez algumas previsões sobre a adoção da tecnologia blockchain. O ex-CTO disse que toda a indústria de tecnologia seria finalmente reconstruída em blockchains públicos. A utilização iria desde de financiamento e pagamentos até gerenciamento de mensagens e identidades:

"Vai demorar um pouco, mas toda a indústria de tecnologia será reconstruída em blockchains públicos. Incorporação, financiamento, envio/recebimento de pagamentos, participação nos funcionários, incentivos aos usuários, mensagens criptografadas, identidade, contabilidade, fusões e aquisições, governança ... tudo pode ser automatizado com criptografia."

O ex-CTO da Coinbase reforçou a idéia de que os novos grandes projetos irão surgir em locais inesperados. Segundo ele, a localização se tornará menos importante, já que os empreendedores e empresas não ficarão obrigados a buscar financiamento no Vale do Silício ou a buscar Wall Street para emissões de ativos. As entidades logo terão a capacidade de fazer o mesmo com apenas uma conexão com a Internet.

Srinivasan se demitiu recentemente da Coinbase, uma das muitas recentes saídas do alto escalão da exchange. No mês passado a empresa anunciou a saída de algumas figuras importantes. Conforme reportado pela Cointelegraph, a empresa perdeu seu COO - Asiff Hirji, seu chefe de mercado OTC - Tim Plakas, e os diretores de conformidade Mikheil Moucharrafie e Jeff Cartwright.