Bakkt anuncia duas novas nomeações; ex-CEO vai para o Senado dos EUA

O ex-veterano do PayPal e do Google, Mike Blandina, foi apontado como o novo CEO da grande plataforma de negociação de criptomoedas Bakkt.

Após a saída da CEO e fundadora, Kelly Loeffler, que foi nomeada para um assento no Senado dos Estados Unidos no início de dezembro, Blandina agora foi promovido ao cargo de CEO depois de ingressar na Bakkt como diretor de produtos em abril de 2019.

Como anunciado pela empresa-mãe da Bakkt, Intercontinental Exchange, em 23 de dezembro, a nomeação entrou em vigor em 20 de dezembro.

Adam White, ex-COO da Bakkt, atuará agora como presidente da empresa

Juntamente com o novo CEO, Bakkt também nomeou Adam White, ex-executivo da exchange de criptomoedas dos EUA Coinbase, como novo presidente da empresa. White atua na Bakkt como diretor de operações desde que ingressou na empresa em novembro de 2018. O executivo também é conhecido por iniciar sua carreira testando aeronaves experimentais como oficial da Força Aérea dos EUA, diz o anúncio.

Enquanto Blandina continuará a traçar a direção estratégica da Bakkt, produtos e mercados de pagamento, além de questões regulatórias, como novo presidente da Bakkt, White se concentrará nos mercados de ativos digitais, custódia e negociação, disse Jeffrey Sprecher, fundador e CEO da ICE no declaração.

CEO Loeffler vai para o Senado

A ex-CEO da Bakkt, Loeffler, foi nomeada pelo governador da Geórgia Brian Kemp para substituir o senador Johnny Isakson. Como noticiado em 4 de dezembro, Loeffer deve assumir o cargo em primeiro de janeiro, um dia depois da saída de Isakson.

As notícias são divulgadas depois que a Bakkt estabeleceu um novo recorde de volume de 6.226 contratos futuros de Bitcoin (BTC) entregues fisicamente negociados na ICE Futures US. O novo recorde representa um aumento de mais de 25% em relação ao recorde anterior da empresa, de 5.600 BTC e vale cerca de US$ 47 milhões no momento da impressão, de acordo com o Coin360.