Na Bitmex, US$ 52 milhões são liquidados em poucos segundos após volta da volatilidade no preço do Bitcoin

A temporada de liquidações de contratos alavancados parece estar de volta, e US$ 52 milhões foram liquidados na BitMEX na noite do último domingo (25), com a volta da volatilidade do preço do Bitcoin.

A BitMEX é uma plataforma de contratos derivativos de Bitcoin e outras altcoins. A exchange detém a maior concentração de volume de negociação de Bitcoins, com 344.222 BTC sendo negociados por dia, segundo o site "Exchange War".

Através da plataforma você pode apostar na subida ou queda do preço de algumas criptomoedas e ainda utilizar contratos alavancados. Apesar de atrativa, a utilização de margem é bastante arriscada uma vez que os contratos podem ser liquidados quando o ativo corre em direção contraria à aposta feita.

Um grande número de traders foram liquidados na exchange BitMEX durante a noite passada com a volta da alta volatilidade do ativo digital.

A massiva liquidação de US$ 52 milhões na mais popular exchange de negociação alavancada de criptomoedas ocorreu depois que o Bitcoin apresentou uma grande subida de preço em poucos segundos, forçando a liquidação de quem apostou na queda do ativo no curto prazo.

O evento repentino de liquidação foi surpreendente, dado que o resto do dia de negociação foi tranquilo e de pouca oscilação. O Bitcoin pareceu desafiar as expectativas novamente ao apresentar uma subida que elevou o preço de US$ 10.100 para o valor de US $ 10.500 em poucos minutos.

O mercado agitado tornou difícil para os negociadores de margem negociar o ativo com qualquer grau de previsibilidade. Na semana passada, alguns traders analisaram a região de US$ 8.000 - US$ 9.000 como uma "zona de compra" perfeita para o Bitcoin. 

No entanto, apesar da maioria das técnicas apontar para um momento de baixa, o Bitcoin mais uma vez parece desafiar a sabedoria convencional. Isso pode ser o motivo porque tantos shorts foram liquidados mais uma vez - uma enorme quantia de US$ 52 milhões.

Apesar de subir para US$ 10.500, no entanto, o Bitcoin caiu ligeiramente desde a sua subida. A criptomoeda líder está sendo negociada agora em US$ 10.300 e pode cair de volta para o suporte de US$ 10.000, sugerem analistas.

A liquidação de US$ 52 milhões em cauções ocorre em um momento em que o volume de negociação voltou a aumentar na BitMEX durante a semana passada. 

Segundo o site "Token Analyst", o montante em contas de carteiras frias ("cold wallets") na plataforma - que estão vinculadas aos depósitos de BTCs - vem aumentando constantemente desde julho. Isso significa que o volume de negócios na BitMEX está em ascensão mais uma vez.

A exchange parece estar recuperando a entrada de capital na plataforma, depois do problema que teve com os reguladores americanos. Conforme reportado pelo Cointelegraph, a BitMEX teve uma queda abrupta no volume de depósitos de Bitcoin depois da notícia de problemas com o órgão americano CFTC.