Exchange 3XBit é despejada de sua sede por falta de pagamento

A exchange brasileira 3xBit terá que deixar sua sede falta de pagamento de aluguel depois de determinação judicial, revela o andamento do processo no portal do Tribunal de Justiça de São Paulo. O processo corre em segredo de Justiça.

O CEO da 3xBit, Saint Clair de Souza Izidoro, aparece como requerido em pedido de "Despejo por Falta de Pagamento Cumulado Com Cobrança" em ação de R$ 322.650 movida pela LCD Empreedimentos e Participações Ltda. Não há informações sobre a quantia devida pela 3xBit.

No dia 02 de novembro, há um Mandado Urgente Expedido, com cumprimento para esta quarta-feira, dia 6 de novembro pelo Oficial de Justiça Nezete Belarmino de Souza. Não é possível acessar o documento.

No Diário de Justiça do Estado de São Paulo, o juiz Herivelto Araujo Godoy, da 8a. Vara Cível de Campinas, em São Paulo, também determina que a empresa deixe o imóvel no Condomínio Alphaville, na cidade do interior paulista, cabendo recurso do CEO da 3xBit.

Empresa anuncia dispensas e "mudança de sede"

Nesta terça-feira, através de uma nota oficial enviada ao Cointelegraph Brasil, a 3xBit anunciou que dispensou 40% de seus funcionários e que preparava uma "mudança de sede".

A empresa ainda justificava que possuía "dois andares [da sede] que atualmente são pouco utilizados", e que a deveria mudar para um novo escritório "em endereço a definir".

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, a 3XBit divulgou há duas semanas um vídeo nas redes sociais em que pedia desculpas a clientes, falava sobre o leasing, recursos em outras empresas e a venda de 20% da exchange. Agora, a empresa diz também que a negociação com um novo sócio está atualmente em diligência prévia.