Três importantes executivos da startup fintech de empréstimos online SoFi deixam a empresa

A startup fintech SoFi — conhecida por seus serviços de empréstimo online — viu três de seus principais executivos deixarem a empresa, segundo o Wall Street Journal publicou em 4 de junho.

Como o Cointelegraph noticiou na época, a SoFi fechou parceria com a grande exchange dos Estados Unidos Coinbase em fevereiro para lançar suporte de câmbio cripto.

Segundo a matéria do WSJ, o diretor de riscos, Kevin Moss, o principal executivo de mercado de capitais, Ashish Jain, e o diretor de marketing, Joanne Bradford, disserem recentemente ao CEO Anthony Noto sobre seus planos de abandonar seus cargos.

Todos os três já trabalhavam na empresa antes de Noto se tornar CEO no ano passado.

Bradford, ex-executivo da Pinterest e da Yahoo, foi responsável por supervisionar o marketing da SoFi, equanto Moss, ex-executivo da Wells Fargo, estabeleceu os padrões de empréstimo da startup, enquanto Jain cuidou de suas interações com bancos. Um representante da SoFi teria dito à agência de notícias que no ano passado a empresa havia contratado 12 novos executivos, e continuaria buscando "os melhores talentos da indústria para a SoFi”.

Uma ex-executiva da Intuit Inc., Lauren Stafford Webb, e outra antiga executiva da Zynga Inc. executive, Jennifer Nuckles, supostamente tomarão o lugar de Bradford na startup, enquanto os sucessores dos outros dois executivos que saíram ainda não foram anunciados.

No fim de maio, a empresa de gerenciamento de ativos de criptomoedas apoiada pela SoFi, BlockFi, anunciou que suas contas remuneradas agora suportam o Gemini Dollar (GUSD).