Cerca de US$ 1.5 milhões em Bitcoins roubados no hack da Bitfinex em 2016 são transferidos para carteira desconhecida

Uma parte do bitcoin ( BTC ) roubado da exchange de criptomoedas Bitfinex em 2016 foi transferida das carteiras dos hackers para um endereço desconhecido em 7 de junho, com base em vários tweets do rastreador de transações de criptomoedas Whale-alert.io .

O movimento de bitcoins roubados supostamente começou hoje às 06:08 UTC e envolveu seis transações até agora, valendo cerca de 185 bitcoins, ou US$ 1,5 milhão no momento da escrita.

Cinco das seis transações de fundos roubados da Bitfinex hackear 2016 em 7 de junho

Cinco das seis transações dos fundos hackeados da Bitfinex \em 2016..Fonte: Whale Alert Twitter

A quantidade de bitcoins roubados e movidos recentemente é responsável por apenas cerca de 0,15% dos 120.000 BTC roubados em 2016,que valeu US $ 72 milhões na época do hahttps://cointelegraph.com/tags/hacksck, mas agora é equivalente a US $ 973 milhões.

A diretora de marketing da Bitfinex, Anneka Dew, alegou que os movimentos não estão relacionados com os processos da empresa, de acordo com a publicação de tecnologia The Next Web.

A Bitfinex iniciou o comércio de tokens LEO contra grandes criptomoedas em 20 de maio, depois de levantar US$ 1 bilhão para seu token durante uma oferta inicial de câmbio no início de maio. Worth 1 tether ( USDT ), o UNUS SED LEO é projetado para facilitar negociações no Bitfinex.

No white paper para  do token LEO, lançado em 8 de maio,a Bitfinex escreveu que a exchange continua a implementar várias estratégias para a recuperação de fundos roubados em 2016. A excahnge citou que eles conseguiram restaurar cerca de 28 BTC ($ 104.000 na época) em Fevereiro de 2019 em colaboração com as autoridades dos Estados Unidos .