Cudo Miner e Beam fecham parceria para trazer a moeda Beam para a plataforma de mineração cripto da Cudo

Londres, 17 de julho – A plataforma de mineração cripto Cudo Miner anunciou hoje o acordo para uma parceria com a Beam, que é uma blockchain confidencial e escalável, além de uma criptomoeda baseada no protocolo Mimblewimble. A parceria vai permitir que mineradores possam usar o software da Cudo para minerar e armazenar diretamente o Beam Coin. 

O Beam é a mais nova cripto a ser adicionada ao Cudo Miner. Ele foi adicionado após uma votação da comunidade da Cudo, que utilizou um sistema de votação de usuários para decidir qual próxima criptomoeda a ser adicionada à plataforma. A inclusão reflete a crescente reputação do Beam como moeda de privacidade escalável e confidencial.

Mineradores acora poderão minerar e armazenar Beam diretamente. Com a inclusão da moeda, os mineradores podem manter-se atualizados e se beneficiarem das últimos desenvolvimentos que tragam lucros. Isso dará aos usuários maior liberdade de escolher as moedas mais rentáveis para mineração, assim como o algoritmo único de rentabilidade da Cudo agora possui ainda mais moedas e oportunidades para os mineradores melhorarem seus rendimentos.  

Matt Hawkins, CEO da Cudo Miner, comentou: “O Beam é um projeto com um potencial enorme. Sua comunidade forte, combinada com a rentabilidade da mineração, significa que ele é a moeda perfeita para ser adicionada à nossa plataforma de mineração. Ao trabalhar diretamente com a equipe da Beam, garantimos que nosso software de mineração seja o mais lucrativo possível para a mineração da moeda Beam”.

“A parceria fortalece ainda mais a nossa reputação como o melhor fornecedor de software de mineração cripto no mercado. Sabemos que o Beam é uma criptomoeda que atrai interesse na mineração e temos o prazer de poder adicionar uma das mais incríveis criptomoedas do mercado.”

Beni Issembert, CMO da Beam, também comentou: “A mineração é uma parte crucial da segurança da rede Beam e garante que nossos mineradores na Beam sejam nosso primeiro círculo de parceiros. Temos o prazer de trabalhar em estreita colaboração com a Cudo Miner para compartilhar nosso projeto com sua comunidade de mineração estabelecida aqui. Estamos ansiosos para continuar a trabalhar em conjunto com a equipe do Cudo no futuro. ”

O Cudo Miner 0.19.7 agora está disponível para Windows, Linux, macOS, e também o novo arquivo CudoOS IMG. Ele inclui recursos de gerenciamento remoto no console que permitem aos usuários controlar e gerenciar qualquer dispositivo registrado, verificar a integridade (temperatura, memória, utilização, uso de energia, velocidade do ventilador, relógio gráfico, relógio da memória) e traçar seus ganhos por moeda, por dispositivo.

Os usuários podem fazer o download da plataforma Cudo Miner e começar a minerar Beam imediatamente através deste link.

Sobre a Cudo Miner

A Cudo Miner é um aplicativo de software de mineração que automatiza de maneira inteligente a mineração cripto através de CPU e GPU, usando vários algoritmos para desempenho e lucro máximos. Disponível para Windows, Linux e Mac OS, e como um CudoOS ISO independente, ele simplifica a mineração para usuários casuais e fornece um rico conjunto de recursos para os mineradores de equipamentos gerenciarem suas operações.

Outro produto da linha, o Cudo Donate, permite aos usuários uma forma inovadora de doação para caridade e cria um novo e inovador fluxo de receita para organizações de caridade, fazendo uso de computadores ociosos.

A Cudo Miner foi fundada como uma subsidiária da Cudo Ventures em 2017 no Reino Unido, pelo especialista em aplicações de monetização e computação distribuída Matt Hawkins. Por meio de seus aplicativos de software, a Cudo Ventures aplica tecnologias disruptivas para os usuários monetizarem seu hardware. Ela reduz o impacto da computação ao compensar o carbono utilizado por sua própria infraestrutura, assim como os negócios da Cudo Ventures em geral, investindo em créditos de carbono.

www.cudominer.com

Sobre o Beam

O Beam é uma criptomoeda confidencial escalável que faz uso do protocolo Mimblewimble como base para sua blockchain descentralizada e não permissionada. O Beam tem emissão limitada por divisórias periódicas e usa mineração de prova de trabalho (proof-of-work - PoW) para proteger sua rede.

O Beam não armazena nenhuma informação de endereço na blockchain e as transações são privadas por definição. O Beam tem como objetivo fornecer aos usuários controle sobre a privacidade, através de seu design compacto. A visão de longo prazo da Beam é criar uma moeda que combine total confidencialidade com a conformidade opcional, permitindo que empresas e indivíduos a utilizem sem comprometer sua privacidade.

https://www.beam.mw/