WSJ: "Grupos de negociação" cripto organizados manipularam mercados para faturar US $ 825 milhões em 2018

A manipulação do preço da cripto é amplamente conduzida por "grupos de negociação" organizados usando serviços como o Telegramafirmou o Wall Street Journal em um estudo divulgado em 5 de agosto.

Revelando os resultados da pesquisa sobre os mercados de criptomoedas, o WSJ sugeriu que os esquemas coordenados de “pump and dump” (fazer bombar e se livrar, em tradução livre) fizeram os comerciantes inflacionarem e derrubarem os preços de várias criptomoedas neste ano.

Como resultado, esses grupos estão gerando centenas de milhões de dólares em receita para si mesmos, enquanto outros são prejudicados pelas perdas quando os grupos vendem um ativo específico em massa.

Somente nos primeiros seis meses de 2018, os grupos comerciais geraram receitas de US $ 825 milhões.

O WSJ analisou 175 esquemas que negociam 121 moedas diferentes, afirmando que “existem muitos mais grupos desse tipo, potencialmente adicionando milhões ou dezenas de milhões em atividade”, acrescentando que “operam em salas de bate-papo privadas, acessíveis apenas por convite, geralmente supervisionado por um moderador anônimo.”

Como um exemplo de comportamento de grupos de negociação, o WSJ leva o Cloakcoin, uma antiga altcoin que experimentou várias bombadas de preços nesse ano.

Um surto de crescimento súbito em 1 de julho na casa de câmbio cripto Binance foi o resultado de um grupo comercial chamado Big Pump Signal, afirma o WSJ.

“O preço do cloakcoin disparou sobre a Binance [...] pouco depois que a Big Pump Signal enviou uma mensagem ao Telegram para os seguidores dizendo-lhes para comprar”, a pesquisa descreve:

"Os preços dos dez pares de bitcoins mais negociados da Binance mal se mexeram durante a bombada da Cloakcoin."

Os resultados acrescentam uma nova dimensão às teorias de manipulação de mercado que cercaram os mercados de criptomoedas nos últimos meses.

Para o Bitcoin, várias fontes reivindicaram fatores como as liquidações da Mt. Gox e os principais detentores de bagagens causaram flutuações artificiais de preços desde os máximos históricos de dezembro de 2017, enquanto outros afirmaram que tais atividades não influenciaram os mercados.