Binance, a maior casa de câmbio digital, anuncia planos para lançar sua plataforma descentralizada de troca de criptomoedas

A Binance , maior casa de câmbio de criptomoeda por volume de mercado, anunciou que está desenvolvendo oficialmente um Blockchain público para criar uma nova plataforma de troca descentralizada, de acordo com uma declaração em 13 de Março.

A visão da Binance de que "as casas de câmbio centralizadas e descentralizadas coexistirão num futuro próximo, se complementando", inspirou o desenvolvimento da Binance Chain, que   será usada para a transferência e comercialização de ativos Blockchain . A ação também empurrará a casa de câmbio de criptomoedas à transformação de uma empresa para uma comunidade.

"Nós acreditamos que o suporte contínuo de projetos Blockchain de alta qualidade é a melhor maneira de desenvolver esse setor. Continuaremos a melhorar esta parte como nós nos empenhamos em nosso livro branco ", disse a casa de câmbio digital.

O novo Blockchain também irá hospedar o Binance Coin (BNB), que se tornará uma moeda nativa em seu próprio Blockchain mainnet .

Uma casa de câmbio descentralizada difere de uma plataforma centralizada na medida em que não depende do  serviço de terceiros para manter os fundos do cliente. Os usuários transacionam com outros usuários sem a necessidade de um servidor central e não há autoridade central que possua livros de pedidos ou custódia.

Enquanto as casas de câmbio descentralizadas fornecem mais anonimato e são reconhecidas como sendo mais difíceis de hackear, elas podem ser menos intuitivas para os comerciantes iniciantes e não possuem alguns recursos e funcionalidades de plataformas centralizados.

Casas de câmbio digital descentralizadas não são novas, pois plataformas como Waves DEX, BitShares, NXT, CounterParty existem há algum tempo .

A declaração da Binance sobre a descentralização foi divulgada um dia após o anúncio de uma recompensa equivalente a $250.000 para qualquer pessoa que pudesse fornecer informações que levem à prisão legal dos hackers responsáveis pela tentativa de ataque em 7 de Março.