Winklevoss Twins 'Company lança nova patente para armazenamento seguro de ativos digitais

A empresa Cameron e Tyler Winklevoss registrou uma nova patente para "armazenar com segurança ativos digitais", revelou o Escritório de Patentes e Marcas Comerciais dos Estados Unidos (USPTO) na terça-feira, 4 de setembro.

A patente Winklevoss IP, LLC, intitulada “Sistemas e métodos para armazenar ativos digitais baseados em matemática usando um portal seguro”, inclui um novo método que permite a divisão de uma conta de ativos digitais “em uma pluralidade de segmentos chave privados”, fornecendo tecnologia mais segura para criptomoedas. A patente afirma:

"As chaves privadas para uma conta com várias assinaturas podem ser armazenadas como backups, por exemplo, em armazenamento seguro, que pode ser de difícil acesso, e podem ser usadas no caso de chaves prontamente obtidas serem perdidas".

De acordo com o arquivamento, a patente se aplica a “ativos digitais baseados em matemática”, nos quais Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Ripple (XRP) e Litecoin (LTC) são mencionados entre outras altcoins.

No início desta primavera, a Winklevoss IP havia vencido um pedido de patente para negociação de ativos baseada em criptos que permite a liquidação de produtos negociados em bolsa (ETPs) usando criptomoedas. Em junho, os irmãos Winklevoss também ganharam uma patente semelhante para um sistema ETP relacionado a criptos.

Em abril, a Winklevoss IP recebeu a patente de um sistema para aumentar a segurança das transações digitais, implementando princípios comuns de criptomoedas criptográfica, como a Cointelegraph reportou em 13 de abril.