Expert Blog: Porque Investidores estão animados para investir na

Expert Blog é a nova série de artigos do Cointelegraph sobre líderes da cripto-indústria. Ela abrange de tudo, desde a tecnologia Blockchain e criptomoedas até a regulamentação das ICOs e análise de investimentos. Se você quiser se tornar nosso autor convidado e ser publicado no Cointelegraph, por favor, envie-nos um e-mail para mike@cointelegraph.com.

A angariação de fundos das ICOs ainda é forte, apesar da crescente atenção por parte dos órgãos reguladores e da saturação do mercado. Ainda assim, em comparação com um investimento médio de risco (mesmo considerando o preconceito devido à nossa natureza), o montante levantado é bem alto.

Isso poderia ser facilmente explicado. Não só um grande número de investidores vêm do mundo cripto, com a sua compreensão (ou autoconfiança) profunda o suficiente para investir em projetos relacionados ao Blockchain, mas com "o novo conjunto Ethereum/Bitcoin" sendo um tema recorrente em lançamentos de projetos. Todos os participantes do mercado estavam mais entusiasmados ao investir em projetos da "nova economia", em vez de em projetos que poderíamos rotular como "tradicionais", muitas vezes sem necessidade aparente de tecnologia cripto/Blockchain. Quanto aos projetos fintech, essa área tornou-se naturalmente o primeiro campo para testar a capacidade da Blockchain para problemas do mundo real.

De acordo com a pesquisa realizada pelo The BB Fund, com base nos dados do tokendata.io, mais de US$5,3 bilhões foram arrecadados através de ICOs em 2017 com US$5,1 bilhões atraídos nos últimos nove meses.  Foram analisados 1.331 e foram considerados apenas projetos de mais de US$1 milhão.

1

1

De acordo com a pesquisa, 60 porcento das ICOs foram lucrativas até agora: A média de retorno é de 2 vezes.

1

1

A categorização é bastante subjetiva e está organizada da seguinte forma:

A categoria "Blockchain" representa todos os projetos relacionados à infraestrutura Blockchain.

"Cartões e pagamentos" significa uma categoria muito ampla de projetos, desde processadores de pagamento com serviços para comerciantes até carteiras de criptomoedas com transferências de p2p integradas e outras funções.

O "Mercado descentralizado" consiste em projetos, que geralmente dependem de sua descrição no cliché "XYZ descentralizado" - que vão desde os mercados de serviços (embarque, logística, unidades de táxi) até mercados de bens (imobiliário, eletricidade) e mercados universais, visando qualquer tipo de bem/serviço imaginável.

Embora a maioria desses projetos não se beneficie da Blockchain, implementem coisas já implementadas e sofram de falta de recursos, alguns deles parecem interessantes e podem sobreviver e prosperar.

A categoria "Crypto Market" inclui qualquer tipo de câmbio ou veículos semelhantes a câmbio dedicados ao cripto.

A "plataforma ICO" pode se referir não apenas a essas plataformas, mas também a aceleradores, clubes de inicialização e qualquer tipo de projeto, que afirma estar desenvolvendo um ecossistema de investidores, equipes e entusiastas de cripto.

"Identity Verification" e "Advertising" também são grandes categorias, sendo que o primeiro, inclui projetos com ênfase na verificação - da identidade das pessoas à identidade de produtos alimentares e conteúdo. O segundo segmento inclui tudo como publicidade, como geração de leads, promoção, rede de influenciadores da marca.

Entre outras categorias, gostaríamos de mencionar especificamente as empresas que se referem como "commodity". Este termo, mais uma vez, nem sempre representa uma mercadoria no senso comum (óxido de ouro ou zinco), mas também para qualquer ativo tangível do mundo real, que seja usado como uma espécie de garantia ou que pode ser tratado como tal.

Esta distribuição não reflete apenas um maior interesse em projetos de infraestrutura/fintech, mas também custos de desenvolvimento maiores (Blockchain), licença e custos atribuídos à integração (fintech). Embora as avaliações e os investimentos atraídos raramente sejam fundamentados, os investidores atribuíram, voluntariamente, maiores quantias de dinheiro a projetos com altos custos de capital.

Além disso, podemos observar a tendência dolorosa de projetos de menor qualidade a partir de segmentos de mercado/aposentadoria descentralizadas, com aparentemente nenhuma diversificação e ideias originais por trás deles em muitos casos.

O mercado de ICO pode ser difícil de prever às vezes

Um sistema de equações lineares simultâneas descreve muito bem a dinâmica dos preços dos criptos, quer sejam moedas mais "tradicionais" ou tokens recentemente emitidos pelas ICOs. Embora a demanda global por ativos criptos seja definida por fatores endógenos (principalmente notícias, sentimento dos investidores e manipulação de "whales"), sendo este o fator principal, definindo o valor de todos os mercados de cripto.

Mesmo se você não está familiarizado com um conceito de correlação, você já poderia ter notado que a maioria dos ativos geralmente se movem na mesma direção, sempre com exceção de alguns. Este é um fenômeno muito familiar para os investidores do mercado de ações também, especialmente para aqueles envolvidos na negociação de ativos em mercados com um alto nível de turbulência política, por exemplo. Você poderia facilmente encontrar dependência entre o volume de dinheiro da ICO arrecadado em um determinado mês e o preço da ETH (os quais são ativos que se influenciam mutuamente) - a interdependência Bitcoin e Ethereum nos preços também é muito característica.

1

1

No entanto, no caso das ICOs, é difícil atrair investidores de longo prazo, prometendo-lhes retorno em algum momento no futuro - deve haver um plano no lado da startup de como chegar a este futuro o mais rápido possível em um ritmo estável.

Enquanto o Blockchain, as ICOs, as economias tokenizadas trazem tecnologias e modelos de negócios completamente novos para o mundo, os princípios de investimento e princípios básicos permanecem os mesmos: jogando a longo prazo, atendendo a demanda do mercado real, enfrentando dores e desejos das pessoas.

Recentemente Vitalik Buterin escreveu:

"Todas as comunidades de criptos [...] precisam se diferenciar entre obter centenas de bilhões de dólares de riqueza digital e realmente conseguir algo significativo para a sociedade."

O mercado de ICOs oferece muitas oportunidades para especulações e lucros rápidos, especialmente devido a descontos e prêmios "pré-venda" e apenas alguns jogadores estão prontos para jogar a longo prazo. Sua filosofia de investimento deve se basear especificamente em uma estratégia de longo prazo. A estratégia é o desenvolvimento de tecnologias nos mercados emergentes e não bancários (Ásia, África, LatAm), implementações de infra-estrutura para permitir e/ou perturbar os sistemas tradicionais (incluindo modelos bancários como serviços e princípios bancários abertos) e convergência dos criptos e de mundos financeiros tradicionais, incluindo a implementação do Blockchain por órgãos governamentais.

1

1

O mercado de ICOs como forma de angariação de fundos - projetos promissores e golpistas

Até agora, poderíamos observar vários movimentos ao lado da indústria, os principais jogadores incentivados e recebidos. Eles poderiam permitir que as tecnologias e as empresas relacionadas ao Blockchain fizessem um avanço e que os investidores pudessem lucrar. Não só o setor de commodities, mas também algumas empresas de publicidade, pagamentos e empréstimos fazem o seu caminho para as respectivas indústrias com a alavancagem de uma ICO. Como o ETHLend (empréstimo), o Ripio (micro-empréstimo), o UTRUST (gateway de pagamento criptográfico), o BitClave (publicidade e promoção inteligentes) e NVB (publicidade de vídeo nativo via vlogs e plataforma de descoberta de conteúdo), para citar alguns exemplos recentes.

Para muitas dessas empresas, contratos inteligentes e tokens são o único inconveniente e é altamente duvidoso que eles façam uso da tecnologia Blockchain (ou estariam felizes com algo absolutamente descentralizado).

Investidores em fundos de risco, fundos familiares, bancos e empresas de investimento começam a investir em projetos relacionados ao Blockchain ou fundos Bitcoin. De qualquer forma, não importa, na verdade, como a liquidez flui rapidamente em comparação com muitos outros ecossistemas. USV, Y Combinator, Fundação Capital, Lux Capital, Winklevoss Capital, Jefferson River Capital LLC e Forsters LLP, Citi, JP Morgan e Goldman Sachs, Wells Fargo, Thomson Reuters, BoA, HSBC, Temasek Holdings etc. - é difícil nomear todos os escritórios familiares, fundos de risco e bancos, que investiram em empresas que desenvolvem tecnologias Blockchain e cripto.

Enquanto que, para aqueles que criaram somas pequenas e facilmente conversíveis por meio de comportamento fraudulento e negligência da ICO, pode parecer viável (mesmo punível por lei), os grandes jogadores são forçados a procurar novas formas de monetização, produtos e modelos, que poderiam pagar por toda essa história (bastante dispendiosa). Os maiores provavelmente poderiam se tornar os próprios investidores (o que seria ruim para os detentores de token atuais, mas não tão ruim para o ecossistema como um todo), buscando projetos para terceirizar a tarefa de lucrar. Isso pode parecer loucura, mas com tanto dinheiro em jogo e seus ganhos futuros, muitas vezes ligados ao poder de compra de seus próprios tokens, as empresas são forçadas a procurar formas de criação de riqueza como nunca antes.

Vladislav Solodkiy , sócio-gerente da Life.SREDA, uma fintech-VC de Cingapura, autor do livro The First Fintech Bank’s Arrival book.