Whale de Bitcoin promete revelar 'segredos' de negociação

O CEO da empresa Alameda Capital, Sam Bankman-Fried, deu uma entrevista à Bloomberg  e contou os detalhes de uma das estratégias de negociação do time de traders da empresa.

A Alameda Capital ficou conhecida no mundo das criptomoedas pois duas das contas de negociação da empresa estão listadas entre as dez mais bem-sucedidas de todos os tempos na exchange BitMEX e lucraram mais de US$ 60 milhões cada.

A exchange de derivativos de criptomoedas BitMEX é uma das principais opções de grandes traders por possuir a maior liquidez do mercado. A exchange possui uma lista com os mais bem sucedidos negociadores e a Alameda está presente entre os líderes.

O CEO da empresa, Sam Bankman-Fried disse à Bloomberg que a empresa executa aproximadamente US$ 1 bilhão em negociações diariamente.

Segundo Sam, uma das estratégias da empresa é identificar oportunidades de arbitragem entre as exchanges de criptomoedas. Na prática, a empresa compra o ativo digital onde está mais barato e vende em exchanges onde ele esta mais caro.

“Um dos negócios em seu primeiro ano foi tirar proveito da diferença de mais de 30% que a Litecoin estava sendo vendida na exchange Coinbase. O negociador compraria Litecoin em outro lugar e o venderia como prêmio na maior bolsa digital dos EUA.”

Apesar do lucro nesta operação, é difícil encontrar grandes disparidades de preços e, segundo Bankman-Fried, a empresa espera obter um lucro médio de dois pontos base por operação.

O CEO falou também sobre anonimidade nas negociações com criptomoedas. Ele disse que tomou a decisão de se tornar uma figura popular em público a fim de melhorar o perfil da empresa e expandir a paleta de clientes.

A exchange BitMEX foi notícia este mês depois do hack que vazou milhares de emails de seus usuários. Confira a matéria do Cointelegraph para entender sobre os riscos do vazamento.