Vitalik Buterin propõe maior retorno para o algoritmo PoS ETH

O co-fundador do Ethereum Vitalik Buterin propôs maiores recompensas para a prometida implementação do algoritmo proof-of-stake (PoS) na blockchain Ethereum no GitHub em 20 de abril.

Segundo a proposta, 2.097.152 de Ether por ano seriam emitidos enquanto 134.217.728 de Ether é o que está disponível e validando transações, resultando em retorno anual para investidores de 1.56%. O suprimento circulante da moeda é de 105.764.762 ETH, que significa que esta quantia de Ether disponível é teoricamente o suprimento máximo.

A proposta também estima que o retorno anual para várias quantidades de validação do Ether. Por exemplo, se apenas 1 milhão de ETH estivesse disponível com essa configuração, os validados receberiam retorno anual de 18.1%. A comunidade do Reddit reagiu à proposta aparentemente bem, com muitos definindo as taxas como mais razoáveis do que as anteriores.

O pesquisador de Ethereum Justin Drake estimou que depois que a PoS e o sharding forem implementados — com 32 milhões de ETH disponíveis — os validadores devem receber um retorno na base det 3,2%. Esse número é equivalente a 1% do suprimento total.

Ainda assim, a prometida implementação da Ethereum Improvement Proposal 1559 poderia significar que uma parte das taxas de transação seriam queimadas. Para tal, Drake estima que com 1,000 ETH gastos em gás por fragmento a cada ano, a inflação seria equivalente a 0,5%.

Como o Cointelegraph noticiou no fim do ano passado, Buterin havia declarado que futuras blockchains com proof-of-stake baseado em sharding seriam "mil vezes mais eficientes".

Mais recentemente, em março, Buterin também disse que a comunidade cripto deveria evoluir para além do individualismo associado com seus dias de "cypherpunk" e, em vez disso, aproveitar a tecnologia para criar sistemas novos, equitativos e inovadores, com impacto social positivo.