Universidade de tecnologia de Viena pronta para lançar sistema de transferência multi-Blockchain

Bitpanda, uma plataforma de negociação austríaca de criptomoedas fez parceria com a universidade de tecnologia de Viena para desenvolver uma plataforma de código aberto chamada "Pantos" para arbitragem em tempo real de diferentes tokens Blockchain , segundo informou a Cointelegraph auf Deutsch nesta quarta-feira, 7 de Março.

Em parceria com a universidade de tecnologia de Viena, pesquisadores do instituto de pesquisa do futuro da criptoeconomia (RIAT) na Áustria também participam do projeto.

O projeto de pesquisa chamado "Pantos" visa resolver o problema da crescente fragmentação dos tokens Blockchain e permitir "transferências valiosas de tokens em várias cadeias Blockchain" pela primeira vez, anunciou o Bitpanda em seu comunicado de imprensa nesta quarta-feira, 7 de Março. Isso permitirá que os comerciantes capitalizem as diferenças de preços entre pares de moedas digitais em uma única plataforma.

O sistema Pantos será financiado usando uma oferta inicial de moedas (ICO) limitada a 1.500 BTC (cerca de $14,8 milhões no momento desta publicação) para um novo token chamado PAN. Como os fabricantes do Bitpanda enfatizaram no anúncio, a ICO não servirá para financiar uma nova startup, mas para financiar o desenvolvimento de tecnologia que, posteriormente, pode ser usada livremente através de licenças de código aberto.

O Pantos inicialmente será lançado na plataforma Ethereum . O suporte para as criptomoedas Bitcoin , Litecoin , Lisk, Komodo e Wave seguirão logo depois.

O Pantos não é o primeiro projeto baseado em Blockchain para a universidade de tecnologia de Viena. No final de novembro de 2017, em um projeto chamado "Ethertrust" , o grupo de pesquisa "segurança e privacidade" liderado pelo Professor Matteo Maffei, publicou trabalhos que melhoram a segurança de contratos inteligentes para a criptomoeda Ethereum.

Existem várias universidades e instituições de pesquisa alemãs que atualmente estão explorando o uso do Blockchain.

Em março de 2018, o instituto de gerenciamento industrial (FIR) na universidade RWTH Aachen, Fraunhofer FIT e Demofabrik Aachen iniciará um estudo conjunto sobre "Blockchain para aplicações industriais" sob a liderança de KEX AG , um fornecedor de tecnologia e informação de mercado.

O objetivo deste projeto é identificar potenciais aplicações da tecnologia Blockchain para a indústria, avaliá-las em termos concretos e encontrar maneiras pelas quais elas podem ser implementadas e usadas.