Twitter do Vertcoin é hackeado e promete oferta de bitcoin falsa

A conta oficial no Twitter do Vertcoin, um projeto de moeda digital peer-to-peer e de software, foi comprometida hoje numa tentativa de realizar um golpe de Bitcoin (BTC).

Em 1 de maio, a conta do Vertcoin no Twitter postou um anúncio de uma oferta de criptomoeda em comemoração ao sucesso do Vertcoin. O tuite prometeu transferir 10 BTC para o vencedor, que seria anunciado em 3 de maio. Para entrar no sorteio, os golpistas pediram aos usuários que enviassem 0,005 BTC para um endereço que eles citaram na postagem:

Oi, gente! O Vertcoin e sua equipe têm o prazer de anucniar que estamos fazendo uma oferta de 10 BTC aos nossos seguidores para comemorar o sucesso do Vertcoin. Mande 0.005 para 3HU5sj7kB6wT9zRwpbhCRrR28vKWjfkMKf e participe! O vencedor vai ser anucniado 5/3/18 às 8 da tarde EST

Quase imediatamente após a publicação do tuite, James Lovejoy, o desenvolvedor principal do Vertcoin, avisou os seguidores que a conta do Vertcoin estava comprometida, acrescentando que todos os brindes foram falsos.

A conta no Twitter do @Vertcoin foi comprometida. Nós entramos em contato com @TwitterSupport. NÃO aceite nenhum tipo de oferta, elas são todas falsas.

Esse tipo de hack é um golpe de cripto que é comum no Twitter, onde hackers personificam as contas e oferecem brindes que são bons demais para ser verdade. Muitas vezes os posts são acompanhados por comentários de dezenas de pessoas que receberam “com sucesso” uma parte da oferta. Este golpe em particular é notável devido ao fato de que os hackers conseguiram executá-lo a partir de uma conta legítima.

Eles fizeram várias tentativas de se passar por grandes jogadores do setor de criptomoedas e usar suas reputações em golpes de brindes. Em abril, os golpistas sequestraram a conta verificada no Twitter de CEO do Telegram, Pavel Durov para promover uma falsa oferta. Em janeiro, os fraudadores se passaram por Charlie Lee usando nomes de conta que eram semelhantes aos do criador real do Litecoin.