Venezuela vai financiar moradias para desabrigados com a criptomoeda nacional Petro

O ministro venezuelano do Habitat e Habitação, Ildemaro Villarroel, anunciou que o governo do país está planejando financiar a construção de casas para os desabrigados com a criptomoeda nacional Petro, reports a Criptotendencia na quinta-feira, 5 de junho.

O governo financiará um projeto chamado “Grande Missão para a Habitação da Venezuela (GMVV)”, que visa tornar a moradia de qualidade mais acessível aos desabrigados. Segundo o site da GMVV, o governo já concluiu mais de 2 milhões de casas até o momento.

Villaroel disse que 33 empresas até agora já iniciaram testes técnicos, financeiros e logísticos para iniciar o processo de construção, acrescentando:

"Juntamente com os governadores, estamos revisando os planos que iniciaremos no segundo trimestre, neste segundo trimestre a GMVV terá uma injeção de recursos financeiros, que este ano serão protegidos e estabelecidos com o Petro."

Outro funcionário citado pela Criptotendencia disse que o Petro cria um “escudo protetor” para construção de casas. O presidente venezuelano Nicolas Maduro autorizou um orçamento de 75 bilhões de bolívares (aproximadamente US $ 750.000) e 909.000 Petros para as novas casas.

Esta não é a primeira iniciativa social do governo na Venezuela financiada pela criptomoeda nacional Petrro. Em maio, Maduro anunciou o lançamento de um banco cripto subsidiado pelo Petro para apoiar iniciativas de jovens e estudantes.

Enquanto a crise política e econômica venezuelana se aprofundou nos últimos anos, com a inflação do bolívar ultrapassando 25.000 por cento, a Venezuela registrou um boom de criptomoedas. Como a Cointelegraph relatou no início de junho, o comércio de Bitcoin aumentou significativamente este ano. O volume de câmbio de bolívar venezuelano para Bitcoin aumentou 138% de março para abril e 39% mais de abril para maio.