SEC dos EUA contrata nova chefe para Unidade Cibernética da Divisão de Execução

A Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos Estados Unidos contratou Kristina Littman como chefe da Unidade Cibernética da Divisão de Execução, uma unidade especializada que visa proteger investidores e os mercados de má conduta relacionada a ciberataques.

Credenciais de Littman

Em 2 de dezembro, a SEC anunciou a nova contratação. O comunicado à imprensa elaborou que Littman começou na Divisão de Execução da SEC em 2010, como advogada da equipe. Desde então, ela ocupou vários cargos de advogado sênior na Unidade de Abuso de Mercado e na Unidade de Julgamento.

Desde agosto de 2017, ela atua como consultora principal do presidente da SEC, Jay Clayton. Nessa função, ela prestou consultoria em assuntos regulatórios e políticos relacionados a criptomoedas e ativos digitais, assuntos internacionais, negociações, mercados e gerenciamento de investimentos. O presidente Clayton comentou a nova posição de Littman:

“O pensamento inovador de Kristy e sua vasta experiência dentro da Comissão fizeram dela uma consultora inestimável e, mais importante, uma defensora incansável dos investidores americanos. Ela será uma excelente líder para a Unidade Cibernética, enquanto continua seu trabalho nesta área crítica e em constante evolução."

A própria Littman disse que está honrada em servir como chefe da Unidade Cibernética. "Estou emocionada por trabalhar com homens e mulheres talentosos que lideraram os esforços da SEC para perseguir uma má conduta", disse ela.

O perfil do LinkedIn de Littman revela ainda que, antes de sua posição na SEC, Littman exerceu advocacia na área da Grande Filadélfia, onde se especializou em processos de colarinho branco e valores mobiliários. Antes dessa posição, ela trabalhou como escriturária judicial no Tribunal Superior de Nova Jersey, na Divisão de Apelação.

Reguladores dos EUA estão contratando especialistas em cripto

A SEC contratou um novo membro para sua equipe. A posição pagaria até US$ 239.000 por ano ao especialista interno em criptomoeda, que atua em várias funções de consultoria.

Mais recentemente, o Federal Reserve dos Estados Unidos contratou um gerente para sua seção de pagamentos de varejo em Washington, D.C. Esperava-se que essa posição contribuísse para a pesquisa de moedas digitais, stablecoins e tecnologias de contabilidade distribuída.