Associação Nacional de Corretores de Imóveis dos Estados Unidos investe em plataforma blockchain imobiliária

A maior associação comercial dos Estados Unidos, a National Association of Realtors (Associação Nacional de Corretores de Imóveis - NAR), tornou-se investidora da plataforma blockchain imobiliária Propy, informou a Forbes em 10 de junho.

O braço de investimentos estratégicos da NAR, Second Century Ventures, investiu uma quantia não revelada na startup baseada na blockchain Ethereum Propy como parte de seu acelerador de tecnologia de imóveis comerciais REach.

Lançado em fevereiro de 2019, o programa REach seria o primeiro acelerador comercial do tipo, buscando unir grandes disruptores de tecnologia na indústria imobiliária, selecionando 10 startups para o programa a cada ano, segundo a matéria.

Ao escolher a Propy, a Second Century Ventures busca agilizar suas operações através da aplicação de tecnologia blockchain em transações imobiliárias, usando armazenamento imutável de dados, disse o diretor sênior de marketing e comunicações da empresa, Ashley Stinton.

Fundada em 2017, a Propy é uma plataforma global de gerenciamento de transações imobiliárias para facilitar transações online de propriedades. Ainda em 2017, a empresa levantou cerca de US$ 14 milhões em oferta inicial de moeda (ICO), através de seu próprio utility token PRO, desenhado para sustentar um ecossistema auto-sustentável que monitore a propriedade imobiliária global.

No caso, a Propy elima a necessidade de terceiros para transações imobiliárioas, oferecendo um nível mais alto de segurança e transparência no mercado. De acordo com a Forbes, a Propy está listada em mais de 30 países e espera chegar aos US$ 4 milhões em receita anual recorrente até o final de 2019, através de vendas de produtos de "software como serviço" (SaaS).

A NAR seria a maior associação comercial dos EUA, representando 1,3 milhão de usuários.

No ano passado, um programa piloto no estado de Vermont teria completado a primeira transação imobiliária baseada em blockchain nos EUA, em parceria com a Propy.

No começo de maio, a Enterprise Ethereum Alliance descreveu em um relatório uma série de casos de uso de blockchain na indústria imobiliária, dizendo que a tecnologia blockchain poderia potencialmente encurtar os processos de registro e transferência de propriedades.