Próximo aplicativo iOS da Binance.US já está na fase de testes beta

A plataforma de negociação de criptomoedas da Binance para usuários dos Estados Unidos, a Binance.US, está pedindo aos seus clientes que testem a versão beta do próximo aplicativo iOS da Binance.US.

Em 18 de dezembro, o Binance.US foi ao Twitter para anunciar que o aplicativo iOS está agora na fase de testes beta. Dada a importância do teste beta para um lançamento bem sucedido do aplicativo, a empresa está entrando em contato com sua comunidade ativa para ajudar a testá-lo.

A fase de testes beta dará ao app a oportunidade de solucionar possíveis falhas e resolvê-las antes de disponibilizar o aplicativo para um público maior. Os testadores beta usarão o aplicativo por um período específico, reportando quaisquer bugs ou problemas e fornecerão feedback sobre o aplicativo, o que ajudará a Binance.US a decidir se o aplicativo está ou não pronto para o lançamento completo.

Aqueles que estiverem interessados ​​em participar da fase de testes beta do aplicativo iOS e “quiserem ser os primeiros a testar” podem se inscrever através da conta no Twitter da Binance.US. Não está claro quando o teste beta estará disponível para usuários de celulares Android.

O Cointelegraph entrou em contato com a Binance.US para saber mais detalhes sobre sobre o aplicativo iOS, mas não recebeu uma resposta até o momento.

Compre criptomoeda com cartões de débito na Binance.US

No início de novembro, a Binance.US anunciou que a exchange vai oferecer aos seus clientes a possibilidade de comprar criptomoedas com cartão de débito, juntando-se às plataformas on-ramp e off-ramps existentes do dólar dos EUA, incluindo a câmara de compensação automática (ACH).

O aplicativo Binance.US foi lançado em 24 de setembro deste ano e quebrou a marca de US$ 10 milhões em volume de negociação no dia 23 de outubro.

Colaboração com a Tagomi

Em novembro, a Binance.US fez parceria com a corretora Tagomi. A cooperação permite que a Binance.US ofereça liquidez institucional aos usuários da Tagomi, incluindo fundos, quantias de capital de risco, escritórios familiares, contas de aposentadoria individuais e pessoas de alto patrimônio líquido.